logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Canteiro

Avalie este item
(0 votos)

CNTU debate condição feminina na comemoração do 8 de março

Em encontro realizado no Dia Internacional da Mulher – 8 de março –, na sede do SEESP, na Capital, a CNTU (Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados) colocou em discussão a condição da mulher na sociedade atual. O “café com debate”, que reuniu cerca de 50 lideranças dos movimentos sindical e feminista, teve como mote “Mulher – profissão, saúde e participação política”. Tais temas devem ser objeto de ação e reflexão do “Coletivo de Mulheres” da confederação. “É uma honra e uma satisfação dar início a essa iniciativa neste dia, que deve ser de respeito e luta pela igualdade”, afirmou o presidente da entidade, Murilo Pinheiro, ao abrir a atividade. “Esse é um grande passo para a nossa confederação”, completou a vice-presidente Gilda Almeida de Souza.

A desembargadora Ivani Contini Bramante, do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 2ª Região de São Paulo, destacou a existência de uma tendência positiva na inserção feminina na sociedade, embora nem tudo sejam flores. “Vem avançando em todas as áreas e já representava em 2010 41,6% no mercado de trabalho”, citou. Por outro lado, reconheceu, ainda “tem presença menor em cargos de chefia e há diferenças salariais”. A engenheira Silvana Guarnieri, vice-prefeita do município paulista de Diadema, também ressaltou a necessidade de se superar a desigualdade nesse campo. Vice-prefeita da Capital paulista e também engenheira, Nádia Campeão lembrou que a data é um momento fundamental para a reflexão sobre a luta das mulheres, que alcançou avanços, mas ainda tem barreiras a derrubar.

Já o consultor sindical da CNTU, João Guilherme Vargas Netto, lembrou as razões que levaram o 8 de março a ser consagrado como data oficial, promulgada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1975. É fruto, afirmou, de uma convergência de experiências. Em primeiro lugar, houve o esforço da comunista alemã Clara Zetkin pela criação de um dia das operárias. Depois, veio o episódio do incêndio na fábrica Triangle, em Nova York, em 25 de março de 1911, no qual morreram 154 jovens costureiras. A tragédia, que causou comoção mundial, tornou-se um marco da luta pelos direitos das trabalhadoras. Finalmente, em 8 de março de 1917, em Leningrado, as bolcheviques russas começaram a revolução que derrubou o czar. “A trajetória contém he­roís­mo, tragédia, mobilização, audácia e contradiz todos os estereótipos existentes sobre as mulheres”, concluiu.


Livro sobre trajetória do ex-presidente Lula é lançado no SEESP

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República e diretor do Instituto Lula, Luiz Dulci, lançou em 11 de março, na sede do SEESP, na Capital paulista, o livro “Um salto para o futuro – como o governo Lula colocou o Brasil na rota do desenvolvimento” (Editora Perseu Abramo). Dulci explicou que a obra mostra sua visão de um governo que “superou a falsa contradição” entre estabilidade monetária e crescimento econômico. Várias lideranças e personalidades prestigiaram o lançamento, como os presidentes nacionais do PT, Rui Falcão, e do PCdoB, Renato Rabelo, além do estadual do PT, deputado Edinho Silva; o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães; o prefeito de Carapicuíba, Sérgio Ribeiro (PT); os presidentes da Fundação Perseu Abramo, Marcio Pochmann, e do SEESP e da FNE (Federação Nacional dos Engenheiros), Murilo Pinheiro.


Trabalhos técnicos a congresso da AESabesp podem ser enviados até dia 21

A ocorrer simultaneamente à Fenasan (Feira Nacional de Saneamento), entre 30 de julho e 1º de agosto, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, o Congresso Nacional de Saneamento e Meio Ambiente encontra-se em sua vigésima quarta edição. O prazo limite de envio de trabalhos técnicos é 21 de março. Ambos eventos são promovidos pela AESabesp (Associação dos Engenheiros da Sabesp). Mais informações no site www.aesabesp.org.br e inscrições em www.fenasan.com.br/br/congresso/inscricao.

Posse da FNE

Em 20 de março, às 19 horas, ocorrerá no Espaço da Corte, em Brasília, a posse da diretoria da FNE (Federação Nacional dos Engenheiros) eleita para a gestão 2013-2016, que terá à frente Murilo Celso de Campos Pinheiro, reconduzido ao cargo. Após a cerimônia, será servido jantar de confraternização. Mais informações pelo telefone (61) 3225-2288 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..';document.getElementById('cloakb8b7bd4952233fc59e1afbdcf2260cc5').innerHTML += ''+addy_textb8b7bd4952233fc59e1afbdcf2260cc5+'<\/a>';


Marília obtém vitória contra transferência de ativos de iluminação pública

Segundo divulgado na imprensa local em 1º de março, a Prefeitura da cidade obteve vitória contra determinação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), por intermédio da Resolução 414/2010, de que a administração municipal assuma a partir de janeiro de 2014 a responsabilidade sobre o serviço de iluminação pública. A liminar foi concedida pelo juiz federal Luiz Antônio Ribeiro Marins, o qual afirma na sentença que os atos normativos do órgão regulador não podem ser ilimitados, sobretudo impondo atribuições ao Poder Executivo.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda