logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Engenheiro XXI - Jovem engenheiro

Avalie este item
(0 votos)

Estudantes conectados às necessidades humanas
Alunos de Engenharia Eletrônica do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) criaram um sistema interativo a pessoas com deficiência, locomoção limitada e dificuldade em se comunicar terem autonomia para realizar tarefas simples do dia a dia, como acender e apagar luzes, chamar outra pessoa e expressar suas vontades e reações. Chamado de Eye Control, o produto é composto por uma câmera acoplada a óculos que, pela leitura dos movimentos dos olhos, move o cursor do software conectado, possibilitando acionar os botões com as ações definidas.
O projeto foi idealizado para Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos alunos Ariadne Fernandes e Lucas Bordonal, ambos de 23 anos de idade. Em entrevista ao JE, os formandos explicam sua motivação, dizendo que o “profissional de engenharia, no mundo atual, é aquele que está sempre atualizado quanto às necessidades da humanidade”.
Segundo eles, o profissional não pode abrir mão do “espírito da mudança, da inovação e criatividade, assim como da vontade de encontrar uma solução, utilizando os conhecimentos técnicos e os princípios básicos da engenharia”. Na sua opinião, a engenharia pode estar em grandes soluções, envolvendo sofisticadas tecnologias, ou em ferramentas mais simples que facilitam a vida das pessoas, seja no lazer, na saúde, no transporte, na indústria ou na moradia. Os engenheiros do século XXI, salientam Fernandes e Bordonal, devem ajudar a proporcionar “uma realidade mais justa e integradora da sociedade, sem custos extrapolados ou grandes complicações, fazendo a melhor utilização dos recursos disponíveis e trazendo inovações”.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda