logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Canteiro

Avalie este item
(0 votos)

Rumo a 2022, retomar desenvolvimento nacional
Em 1º de julho, o SEESP sediou, na Capital, a 9ª Jornada Brasil Inteligente. Promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU), a iniciativa abordou o tema “Brasil 2022: o País que queremos”, apontando os desafios e caminhos à retomada do desenvolvimento sustentável nacional e aprofundamento da democracia. Entre as questões apresentadas e discutidas, a crise econômica e saídas, conjuntura política, cultura e soberania nacional.
Iniciativa da CNTU, o projeto “Brasil 2022”, cuja logomarca criada pelo arquiteto e designer Ruy Ohtake foi lançada à abertura da jornada, esteve no centro do debate. Tal propugna por um salto qualitativo no ano de 2022 – quando se celebram o bicentenário da Independência e o centenário da Semana de Arte Moderna.
Ao final, realizou-se a 9ª Plenária do Conselho Consultivo da CNTU, em que foram empossados 138 novos membros desse. Agora são 1.018 no total. Diretor de articulação nacional da confederação, Allen Habert comemorou: “Hoje atingimos a marca de mil lideranças em 22 estados. Em 2022 seremos 22 mil. Somos uma força que pode empurrar o Legislativo, o Executivo e o Judiciário e ver quais os nós górdios que nos seguram para liberar energia a um salto no desenvolvimento sustentável nacional.” Na plenária, 15 conselheiros apontaram propostas a um país mais justo.
Murilo Celso de Campos Pinheiro, presidente da CNTU – que também está à frente do SEESP –, ressaltou ao encerramento: “Foi um exemplo de discussão do que queremos para o País. Vamos usar o ‘Brasil Inteligente’, a nossa confederação, nessa direção. Chamamos todas as entidades e profissionais a se somarem ao movimento ‘Engenharia Unida’ (iniciativa da Federação Nacional dos Engenheiros – FNE) para discutirmos as questões de real importância para a sociedade. É possível mudar e fazer acontecer.”

Confira cobertura completa. 

Eleitos delegados sindicais na Telefônica/Vivo
Em pleito nos dias 19 e 20 de julho, foram eleitos como delegados sindicais do SEESP na Telefônica/Vivo os engenheiros Roberto Cesar Pedroso e Juliana da Silva Ferreira, respectivamente titular e suplente da Diretoria de Construção de Redes, além de Josemar José do Nascimento Nunes, titular da Diretoria de Operações. É a primeira vez que haverá essa representação na Telefônica/Vivo. “É uma conquista da categoria”, comemora Celso Renato de Souza, diretor do sindicato. “Representa a consolidação dos propósitos de modernização da estrutura da entidade”, enfatiza o também diretor Carlos Saito.
Nunes celebra: “É um marco, um avanço nas relações sindicato-empresa-funcionário.” Pedroso destaca: “Somos o elo de ligação entre o SEESP e a empresa e vamos atuar como interlocutores para levar as pautas pertinentes dos funcionários.” Para Ferreira, a aproximação propiciada fortalece a representação sindical. “Vamos ouvir e transmitir ao sindicato a contribuição dos nossos colegas de trabalho.” A Telefônica/Vivo hoje conta com 178 engenheiros.

Lançamento do “Cresce Brasil – Itaim Paulista”
Fruto de visitas a esse bairro na zona leste da Capital e debates de soluções aos problemas enfrentados pela população local, sobretudo enchentes ano a ano, o Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP apresenta no próximo dia 6 de agosto o documento “Cresce Brasil – Itaim Paulista”. O lançamento da publicação ocorrerá às 9h, na Paróquia São José Operário (Rua Salinas de Mossoró, 197, Itaim Paulista). A iniciativa integra o projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento” , da Federação Nacional dos Engenheiros, que neste ano de eleições municipais aborda o tema “Cidades”. Mais informações pelo telefone (11) 3113-2659 e
e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

Campanhas salariais 
Fiesp – No dia 8 de julho último, foi assinada a Convenção Coletiva de Trabalho com a Fiesp. O reajuste salarial foi fixado em 7,50%. Entre os benefícios, mantém-se também a reciclagem tecnológica. A data-base é 1º de maio.

Emae – Em assembleia no dia 8 de julho, os engenheiros que trabalham na Emae aprovaram por unanimidade a proposta final da companhia para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017. Essa prevê 6% de reajuste salarial, a partir de 1º de junho de 2016 (data-base), mais 3,98% em dezembro próximo, totalizando 9,98%. Aos vales alimentação e refeição, auxílio-creche, babá e pessoa física especial, serão aplicados 9,98%, em parcela única. Os demais itens que sofrerão reajuste terão também o escalonamento.

Mais nesta categoria: « Maringoni Engenheiro XXI »

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda