logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Engenheiro XXI

Avalie este item
(1 Votar)

Atuar em prol da sociedade
“Engenharia para pessoas.” É dessa forma que o estudante Leandro Santiago Gonçalves, 33 anos, define a engenharia do século XXI. Cursando o segundo ano de Engenharia Civil na Universidade da Cidade de São Paulo (Unicid), ele observa que além de estudar muita matemática, cálculo e estar preparado para solucionar problemas numa obra ou empresa, o futuro profissional deve ter como foco central o ser humano e o meio ambiente. Santiago sugere às universidades se preocuparem também com a formação social e cultural do estudante da área. “Precisamos entender o nosso papel e ter como objetivo principal o bem-estar da sociedade.”

Novo paradigma
Santiago saúda o SEESP pela criação do Núcleo Jovem Engenheiro. “Infelizmente, o estudante tem uma imagem distorcida do sindicalismo. Fui apresentado ao Sindicato dos Engenheiros pelo núcleo e comecei a mudar o meu paradigma sobre essa atividade.”
A partir do contato com o núcleo, ele agora participa regularmente das suas atividades de organização e vê como essa relação pode ajudar o estudante da área a entender melhor o mercado de trabalho, assim como as lutas da categoria. “Conhecendo os nossos direitos, podemos até cobrar um ensino melhor das faculdades.” E acrescenta: “O ‘engenheirando’ vai poder utilizar tudo aquilo que aprendeu com o sindicato quando estiver trabalhando na área, inclusive nos mínimos detalhes, como fazer um currículo e um projeto individual, até como se valorizar profissionalmente.” Com essa visão, Santiago sugere a criação de uma disciplina optativa na grade curricular dos cursos de engenharia sobre sindicalismo.

Mercado e qualidade
Ele constata que o mercado de trabalho está muito exigente. “A gente observa que há muitas vagas, mas as empresas estão mais seletivas e querem um profissional com dois anos de experiência, ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) já assinada no Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia). Essa é a maior dificuldade do recém-formado, ‘furar’ essa barreira”, lamenta.
O estudante da Unicid também fala sobre as críticas à baixa qualidade dos profissionais formados: “Acredito que esse problema é geral, de todas as gradua­ções, e que a saída é investir mais e melhor na educação de base – os ensinos fundamental e médio.”

Estudar um idioma é preciso
Fluência em uma língua estrangeira é fundamental para o profissional ser competitivo no mercado de trabalho. Ciente disso, o SEESP mantém convênios com diversas escolas de idioma. Uma das opções para aprender inglês é a 4 English. O curso é online, e a plataforma de ensino é utilizada em mais de 30 países. Com mil horas de conteúdo multimídia interativo, é considerado o melhor custo-benefício do mercado, com planos a partir de R$ 89,90. Telefone (11) 3090-1234 e no site www.4english.com.br. Descontos especiais aos associados.
Outra dica é a Wise Up, que oferece curso de inglês em 18 meses para adultos, nas suas unidades na Capital, no Interior de São Paulo e em outros estados. Telefones (11) 5103-3443 e 7938-5766, com Rose Andrade, e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e em www.wiseup.com/escolas-de-ingles . Desconto de 20% nos pagamentos até o dia 5 de cada mês.
A Life Idiomas é uma alternativa em duas unidades, em São Bernardo do Campo, para cursos de inglês, espanhol, francês, italiano, alemão e português para estrangeiros. Telefones (11) 4330-3038 e 4109-7373,
e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e no site www.lifeidiomas.com.br . Descontos de 20% a 32%.
O sindicato tem outras parcerias com bons descontos, como com o Mackenzie Language Center (10% não cumulativo nas mensalidades); a Mandarim Escola de Língua Chinesa (de 10% e 20%); o Centro Cultural Brasil Itália (10%); a Fisk (30%) e outros. Confira mais informações e relação das escolas conveniadas.

Qualificação
Falar em público
A Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha (VDI) está com inscrições abertas para o curso destinado aos profissionais de engenharia, que visa desenvolver a habilidade de expressão oral e corporal por meio de técnicas básicas de apresentação em público.
A atividade será na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, na Rua Verbo Divino, 1.488, 3º andar, na Capital. Associados ao SEESP têm 15% de desconto. Mais informações pelo telefone (11) 5180-2316 ou
e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Formando a turma, o curso será realizado no dia 8 de abril próximo, das 8h30 às 17h30.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda