GRCS

Mostrando itens por marcador: NPC

Do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC)

Recuperar as mobilizações das mulheres e dos trabalhadores do mundo todo em defesa dos seus direitos. Esse é o objetivo das agendas temáticas produzidas pelo Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC). Quem tem o material em mãos entra em contato com acontecimentos e personagens históricos que se dedicaram a tornar o mundo um lugar melhor para a maioria. Compõem o material pequenas notas e registros diários, poemas, imagens e artigos produzidos por escritores convidados.

Para o ano de 2018, o NPC oferece duas possibilidades de temas. Um deles é “Mulheres de luta”. Devido ao sucesso da agenda do ano passado, resolvemos lançar uma nova edição, revista e atualizada, do material. O outro é o livro-agenda “Lutas por direitos no Brasil e no mundo”, uma recolha de acontecimentos protagonizados por movimentos populares e lutadores sociais em defesa de condições dignas de trabalho e de vida.

Mulheres de garra
O livro-agenda “Mulheres de luta” apresenta, dia a dia, nomes de mulheres que se destacaram em batalhas diversas, seja no movimento feminista, seja em outros movimentos populares. Nessa nova edição, acrescentamos um texto sobre Carolina Maria de Jesus, “escritora que incomoda a classe dominante”, como ressaltou a autora do texto, Miriane Peregrino. Também entrou uma referência à professora Diva Guimarães, que se destacou na Festa Literária de Paraty de 2017 ao denunciar o racismo que sofreu desde a infância.

Também há novas informações sobre, por exemplo, a cineasta camaronesa Pascalo, a pensadora mexicana Juana Inés de la Cruz, a militante brasileira Maria Dalva Correia da Silva, a liderança indígena nahua Maria de Jesus Patricio Martínez, a abolicionista estadunidense Sojourner Truth, dentre outras. Elas figuram ao lado de lutadoras como Dandara dos Palmares, Nísia Floresta, Luísa Mahin, Simone de Beauvoir, Celia Sánchez, Rosa Luxemburgo, Angela Davis e tantas outras referências internacionais.

Trabalhadores de todo o mundo em luta
A novidade deste ano ficou por conta da agenda “Lutas por direitos no Brasil e no mundo”. Em tempo de tanto retrocesso e ataques aos direitos dos trabalhadores, a equipe do núcleo entendeu ser urgente lembrar a mobilização da classe operária de todo o mundo por pautas como a redução da jornada de trabalho, direito a férias, décimo terceiro salário e tantas outras conquistas históricas que, hoje, estão ameaçadas.

O material conta com textos assinados pelo cientista político Josué Medeiros; pelo professor Reginaldo Moraes (Universidade Estadual de Campinas - Unicamp); pelo coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), João Pedro Stédile; pela jornalista Claudia Santiago; pelo professor Rodrigo Castelo (Unirio); pela escritora Jarid Arraes; e outros colaboradores. Alguns dos temas abordados são a importância dos sindicatos e da comunicação dos trabalhadores; as origens do Primeiro de Maio; a lição das internacionais; a trajetória da luta pela Reforma Agrária e pelos direitos indígenas; o legado da Revolução de Outubro de 1917; dentre outros.

Como adquirir
As agendas custam R$ 30,00 (cada) e estão à venda no Centro do Rio, no Espaço Gramsci. O endereço é: Rua Alcindo Guanabara, 17, térreo, Cinelândia. Também é possível fazer encomendas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou comprar pelo site http://livrariagramsci.com.br/

 

O 1º Festival da Comunicação Sindical e Popular é uma iniciativa do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) e pretende ser um espaço de confluência da nossa cultura contra-hegemônica. Um grande evento de comunicação, com música, teatro e dança, para expor os mais diversos trabalhos de imprensa realizados por sindicatos, coletivos e movimentos sociais. Será realizado no mês do trabalhador e da trabalhadora! O tema comemorará um marco importantíssimo: 100 Anos da Greve das Tecelãs na Rússia.

Durante um dia inteiro, teremos barracas para exposição de materiais de comunicação de diversos sindicatos e grupos de mídia livre, levando à população um material de imprensa alternativo e de qualidade. Uma mostra do excelente trabalho realizado por esses canais que se contrapõem à hegemonia de alguns poucos grupos empresariais que comandam o noticiário brasileiro. 

A programação contará com aulas públicas sobre temas importantes para a cultura e para a comunicação, além de apresentações de teatro e de dança e um show de samba com grandes vozes femininas.

Será um evento aberto e gratuito, realizado a partir da colaboração de todas e todos que acreditam ser possível construir uma cultura transformadora!

A campanha de financiamento coletivo está disponível no link https://benfeitoria.com/npc

 

Publicado por Rosângela Ribeiro Gil
Comunicação SEESP
Notícia reproduzida do site do NPC

 

 

 

 

O Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) lançou, no dia 8 último, durante aula do Curso Vito Giannotti de Comunicação Popular, no Rio de Janeiro, a reedição da cartilha "1º de Maio – dois séculos de lutas operárias". A publicação conta a história de luta dos trabalhadores pela jornada de 8 horas.

Muito mais do que recordar a origem da data, o texto nos ajuda a entender o que está em jogo no presente e nos mostra a força da classe trabalhadora organizada.
Reviver a história é pensar na responsabilidade que temos no presente. Algo importante, principalmente neste ano de 2017, em que governo federal e Congresso Nacional tentam criar uma nova legislação trabalhista, que é um duro golpe nos direitos dos trabalhadores.

O material pode ser adquirido diretamente pela Livraria Antonio Gramsci (Rua Alcindo Guanabara, 17 – Térreo, Cinelândia, Rio de Janeiro). Mas também pode ser enviado para todo o Brasil caso sejam feitas encomendas. Para contato, enviar mensagem de solicitação de compra para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Mais informação sobre valores e encomendas pelo telefone (21) 2220-4623. 


Publicado por Rosângela Ribeiro Gil
Comunicação SEESP
Com informações do NPC

 

 

 

 

agenda2016Já foi para a gráfica Livro-Agenda de 2016 do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC), que tem como tema “Lutadores e Lutadoras do povo brasileiro”. Nessa edição o grande homenageado será o ex-metalúrgico e escritor Vito Giannotti, falecido em julho último, que marcou seu nome nessa história de lutas e resistências, tornando-se referência de militância no país inteiro. Quem quiser encomendar a agenda deve enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Com mais este livro-agenda, queremos dar visibilidade a personagens que se destacaram nas várias lutas populares ocorridas em nosso país, desde o século 19 até os dias atuais. São homens, mulheres, negros, negras, indígenas, camponeses, estudantes, operários que dedicaram suas vidas à construção de uma sociedade diferente: justa, solidária, com direitos assegurados a todos e todas, sem opressão e exploração. O material conta com a apresentação da professora e historiadora Virgínia Fontes; textos de professores e militantes sociais elaborados especialmente para a agenda; e a colaboração de companheiros do país inteiro. Um material de formação importantíssimo para os trabalhadores que desejam conhecer sua história!

Como nos outros anos, também vamos preparar edições personalizadas para os sindicatos. As entidades sindicais que tiverem interesse podem enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. para informação sobre orçamento e condições para a organização do material.

 

 

Imprensa SEESP
Fonte: NPC 









Entre os dias 18 e 22 de novembro será realizado, no Centro do Rio de Janeiro, o já tradicional curso anual do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC), que está em sua 21ª edição. O tema deste ano é “A mídia de esquerda no combate ao conservadorismo no Brasil”. A ideia é propor diferentes debates que permitam pensar e entender o avanço do pensamento de direita e sua relação com a comunicação e as diversas questões presentes na sociedade brasileira hoje.

O evento é voltado aos dirigentes sindicais, jornalistas, estudantes e pesquisadores que tenham interesse em debater o papel da comunicação na disputa de ideias na sociedade. A atividade já se tornou uma referência nacional.

Neste ano de 2015, as mesas procurarão refletir sobre temas como: os ecos da ditadura 50 anos depois do golpe; a conjuntura política nacional e internacional; as motivações para o aumento do pensamento de direita; o conservadorismo da mídia hegemônica e o papel da mídia alternativa; arte e cultura na periferia; TV no Brasil hoje; democratização da comunicação; as jornadas de junho de 2013; e outros.

O curso ocorrerá, mais uma vez, no auditório da Caixa Cultural, que fica na Av. Almirante Barroso, 25, subsolo – Centro do Rio (perto da estação de metrô da Cinelândia). Para conferir a programação completa, basta acessar o site http://nucleopiratininga.org.br/curso2015. Inscrições em http://goo.gl/CicIWA. Outras informações pelos telefones (21) 2220-5618 e 2220-4895 e pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Perda
2015 também marca a perda do nosso coordenador, o italiano Vito Giannotti, referência no Brasil inteiro na defesa da comunicação sindical e popular. Na quinta-feira à noite faremos uma homenagem a esse incansável lutador, que teve a vida inteira dedicada à luta dos trabalhadores. Além da jornalista Claudia Santiago, fundadora do NPC junto com ele e sua companheira de vida e de sonhos, estarão na mesa dirigentes sindicais e amigos do Brasil inteiro.


Foto: Internet
NPC curso 
Vito Giannotti no curso de 2014 


 

Rosângela Ribeiro Gil
Imprensa SEESP
Informação do NPC










O escritor Vito Giannotti, coordenador do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC), está lançando mais um livro sobre a importância da comunicação dos trabalhadores para a transformação da sociedade. Esse tema tem pautado sua atuação e de todo o NPC nos últimos 20 anos, com a promoção de cursos, palestras e seminários pelo Brasil inteiro. A obra apresenta reflexões sobre diversos conceitos, como o de hegemonia, pensado por Marx, Lenin e Gramsci. Também nega veementemente o mito da neutralidade dos meios de comunicação e explica porque considera a mídia o verdadeiro partido da burguesia.

Além de apresentar uma sólida base teórica, “Comunicação dos trabalhadores e hegemonia” oferece dicas práticas aos sindicatos e movimentos populares que desejam construir e aprimorar seus veículos de informação. Aborda, portanto, os meios impressos, rádios, TVs e internet, pensando em como aperfeiçoar desde a pauta até a linguagem e a diagramação, para que esses veículos sejam atrativos e compreendidos pela maioria da classe trabalhadora.

O jornalista e professor Dênis de Moraes (UFF) assina a orelha do livro, que também conta com comentários dos jornalistas Laurindo Leal Filho, Beto Almeida e Hamilton Octavio de Souza. A jornalista e professora de história Claudia Santiago, também coordenadora do NPC, explica na apresentação da obra: “Giannotti acredita que as ideias dominantes na sociedade são as ideias da classe dominante. E estas são transmitidas para toda a sociedade pelos ‘meios de comunicação dos patrões’, como enfatiza em seus inúmeros artigos e palestras. Ele não acredita que sindicatos e movimentos sociais devam implorar ou pagar por pequenos espaços nos jornais da burguesia que, na visão de Vito, defendem única e exclusivamente os interesses da classe patronal. Defende que estes devem ter seus próprios instrumentos de comunicação – jornais, rádios, TVs, redes sociais”.   

O livro é voltado para professores de comunicação, estudantes, sindicalistas, militantes sociais e todos aqueles interessados em entender a importância dos meios de comunicação na formação das ideias e na prática social. Está sendo publicado pela Fundação Perseu Abramo, em parceria com o NPC. Custa R$ 30,00 e está à venda na Livraria Antonio Gramsci, que fica na Rua Alcindo Guanabara, 17, térreo, Cinelândia (fundos do prédio). Interessados em adquirir podem também solicitar pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Outras informações pelos telefones (21) 2220-4895 e 2220-4623.

Sobre o NPC
O NPC é constituído por um grupo de comunicadores, jornalistas, professores universitários, artistas gráficos, ilustradores e fotógrafos que trabalham com o objetivo de melhorar a comunicação, tanto de movimentos comunitários ou populares, quanto de sindicatos e outros coletivos. Ele tem realizado esta tarefa de forma ininterrupta há 20 anos, com a realização de cursos, palestras e seminários e produção de materiais de formação e informação. O grupo acredita que os trabalhadores e os setores populares precisam aperfeiçoar-se constantemente em sua comunicação para alcançar seu objetivo de construção de uma nova sociedade. 

 


 

Imprensa SEESP
Com informação de Sheila Jacob/Assessoria do NPC







agenda