GRCS

Mostrando itens por marcador: seminário

Apaest

 

A Associação Profissional dos Engenheiros Agrimensores no Estado de São Paulo (Apaest) realiza na próxima sexta-feira, 17/5, o I Seminário sobre Regularização Fundiária Rural e Urbana, sob a égide da recente Lei 13.465/17. A atividade acontece na sede do SEESP, a partir das 8h30.

 

O evento discutirá o tema com o intuito de conscientizar os gestores públicos e representantes da sociedade civil organizada quanto a relevância da segurança dominial das terras como política pública. Apresentando também normas gerais e procedimentos aplicáveis à regularização fundiária rural e urbana, nas quais estão abrangidos aspectos jurídicos, urbanísticos, ambientais e sociais, que visam a regularização de núcleos urbanos informais.

 

Clique aqui para se inscrever.

 

 

Serviço:

I Seminário sobre Regularização Fundiária Rural e Urbana
Data: 17 de maio
Horário: 8h30
Local: Sede do SEESP (Rua Genebra, 25, Bela Vista-SP).

 

 

 

 

 

 

Comunicação SEESP*

 

A Escola Superior de Gestão e Contas Públicas Conselheiro Eurípedes Sales (Escola de Contas TCM-SP) está com três palestras agendadas em fevereiro focadas nos engenheiros que buscam conhecimento nos temas de dispute boards, segurança de barragens e sistemas de esgoto. As atividades são gratuitas, com inscrições por meio do site da Escola de Contas, e acontecem no auditório da escola (Av. Prof. Ascendino Reis, 1.130 – Portaria B – Vila Clementino).

 

Confira:

 

19/2 – das 9h às 12h
Compreendendo os Dispute Boards (Comitês de Solução de Disputas)

Objetivo: A intenção do curso é aclarar aos agentes públicos, órgãos de controle e demais operadores sobre a natureza, idoneidade e modo de funcionamento dos Dispute Boards (Comitê de Prevenção e Solução de Disputas). Isso porque os agentes, invariavelmente, passarão cada vez mais a se deparar com essa nova ferramenta de solução de controvérsias, sobretudo nas obras da cidade de São Paulo, uma vez que foi reconhecida pela Lei 16.873/2018 do município.

Depois de elucidar questões relativas à natureza jurídica, cujo esclarecimento se faz necessário para conforto dos agentes e fiscais acerca da idoneidade do mecanismo, serão abordadas questões de ordem prática, como: distinção das modalidades de comitês (adjudicatório, recomendatório e híbrido), tipos de comitês (ad hoc ou perene), responsabilidade dos membros dos comitês, formas de atuação e prática.

 

Palestrante: Ricardo Medina Salla
Sócio de Toledo Marchetti Oliveira Vatari e Medina Advogados
Diretor e Fundador do Instituto Brasileiro de Direito da Construção (Ibdic)
Autor da Lei 16.873/2018 da cidade de São Paulo e do PL do Senado nº 206/2018, que reconhecem o uso dos Dispute Boards.
Membro da Dispute Resolution Board Foundation
Bacharel e mestre em Direito pela Universidade de São Paulo

 

Público-alvo: Agentes de fiscalização, assessores e servidores do TCM, servidores do Legislativo e do Executivo municipais e demais interessados pelo tema.

 

>>> Clique aqui para se inscrever

 

21/2 – das 14h às 17h
Segurança de barragens

Objetivos: Esclarecer a população em geral e os agentes públicos em particular sobre as questões de projeto, construção e segurança de barragens, os acidentes que podem ocorrer e suas causas. Será apresentado um vídeo sobre a evolução da inundação provocada pela ruptura de barragens. Dois grandes especialistas mostrarão os tipos de barragens, seu projeto e construção e as circunstâncias que geraram os desastres recentes. A legislação de segurança de barragens será abordada de forma crítica, indicando suas fragilidades, na tentativa de vislumbrar soluções para evitar novos desastres.

 

Público-alvo: Agentes de fiscalização, assessores e servidores do TCM, servidores do Legislativo e do Executivo municipais e demais interessados pelo tema.

 

Palestrantes: 

  • Prof. Dr. Paulo Teixeira da Cruz
    Mestre em Engenharia Civil pelo Massachusetts Institute Of Technology (1960), doutor em Engenharia Civil pela USP (1964), pós-doutor pela Universidade da Califórnia – Berkley (1972), Imperial College (1972) e Universidade Nacional do México e professor visitante do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (1991)
    Professor de diversas disciplinas na área de Geotecnia na Escola Politécnica e no Instituto de Geociências da USP
    Consultor na área de Geotecnia em Estruturas e Barragens em Solos e Rochas em mais de 100 projetos no Brasil e no exterior
    Participação em painéis de consultores para mais de 30 barragens
    Consultoria e acompanhamento da construção de barragens do Projeto de Transposição do Rio São Francisco e de controle da qualidade da construção e segurança dos diques e barragens das Centrais Elétricas de Belo Monte
  • Eng. Msc Regina Moretti
    Mestre em Engenharia Geotécnica pela Escola Politécnica da USP
    Professora de diversas disciplinas de graduação, especialização e pós-graduação nas áreas de mecânica dos solos, barragens e segurança de barragens
    Revisão periódica das barragens do Sistema Cantareira, análise da segurança das usinas do sistema Tietê e avaliação da segurança de várias barragens convencionais e de rejeitos
    Consultorias e apoio à construção de mais de 80 barragens convencionais
    Projeto e consultoria de barragens de rejeito, contenção de sedimentos e pilhas de estoque

Moderadora: Eng. Gisela Coelho Nascimento
Mestre em Engenharia Civil – Hidráulica pela Escola Politécnica da USP.
Trabalhou na antiga Eletropaulo na Superintendência de Geração, como consultora ambiental na Hydrosphera Engenharia Ambiental, no Ministério da Integração Nacional, em que ajudou a construir o Plano Nacional de Recuperação de Barragens da União (Planerb) e atualmente é auditora de controle externo no TCM

 

>>> Clique aqui para se inscrever

 

28/2 – das 9h às 12h
Conformação do Sistema de Esgotos da Região Metropolitana de São Paulo

Objetivo: Apresentar a realidade da poluição dos rios metropolitanos, suas causas e efeitos sanitários e ambientais para a população que habita a Região Metropolitana de São Paulo. Na ocasião será abordado o sistema de esgotos sanitários responsável pela coleta e tratamento dos dejetos oriundos da contribuição dos esgotos domésticos e não domésticos.

 

Palestrante: Eng. José Eduardo W. de A. Cavalcanti
Graduado em Engenharia Química pela Escola de Engenharia Mauá (1968) e  em Administração de Empresas pela Escola de Engenharia Mackenzie (1972)
MBA – Marketing e Finanças pela Faculdade de Economia e Administração (2000)
Membro e conselheiro atuante de diversas entidades do segmento da engenharia, entre elas do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-SP), Instituto de Engenharia, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), além de Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Conselho Regional de Química (CRQ-SP)

Diretor técnico da Ambiental do Brasil Tratamento de Resíduos
Desenvolve, desde 1969, projetos na área de engenharia ambiental para indústrias e órgãos públicos, destacando-se a Companhia Vale do Rio Doce, Petrobras, Shell, Sabesp, Cedae, dentre outras.
Além dos livros “Manual de Tratamento de Águas Residuárias Industriais”, publicado pela Cetesb, e “Manual de Tratamento de Efluentes Industriais”, é também autor de artigos técnicos, palestrante, conferencista em assuntos ligados ao saneamento e meio ambiente
Agraciado com o título “Personalidade do Ano de 2002” pelo Rotary Club de São Paulo por sua atuação em prol da preservação do meio ambiente
Ainda em 2002 uma de suas empresas (Ambiental Laboratórios) recebeu a láurea “Petrobras de Meio Ambiente”

 

Público-alvo: Engenheiros, ambientalistas, servidores municipais, estaduais, dos Legislativos (municipais e estadual), do TCM-SP, do TCE-SP, bem como demais interessados pelo tema.

 

>>> Clique aqui para se inscrever

 

 

 

*Com informações da Escola de Contas TCM-SP

 

 

 

 

A importância e a representatividade da cadeia do agronegócio na economia brasileira e o aproveitamento do seu potencial a partir da engenharia estarão em debate no seminário “Inovação, segurança alimentar e logística”, que será realizado no dia 4 de agosto próximo, no auditório do SEESP, na capital paulista (Rua Genebra, 25, Bela Vista). O evento é uma realização da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), juntamente com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, com o apoio do sindicato, do Instituto de Inovação e Tecnologia (Isitec) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais (CNTU).

A economia brasileira cresceu 1% no primeiro trimestre deste ano frente ao quarto trimestre de 2016 graças à expansão de 13,4% do agronegócio, conforme dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período, o setor industrial teve ligeira alta de 0,9%, enquanto o setor serviço não registrou expansão.

O seminário abordará o universo tecnológico mobilizado pela cadeia produtiva de alimentos no Brasil e dará evidência à expansão do agronegócio e seu peso nos negócios. Também colocará em discussão as formas de se empregar a engenharia para tornar as atividades do agronegócio ainda mais competitivas.

Entre os temas a serem analisados estão infraestrutura para as atividades da agropecuária, logística de distribuição de alimentos e processamento e industrialização de alimentos para diferentes mercados. Os debates serão feitos a partir da análise dos temas “produção e cadeia de valor” e “ tecnologia na produção de alimentos”. Simultaneamente, os debatedores vão avaliar como as atividades que tornam o agronegócio bem-sucedido podem ser multiplicadas gerando oportunidades de novos negócios e trabalho.

Confira abaixo a programação do seminário e os especialistas que participam dos debates.

9h - Sessão de abertura

10h30 - Mesa-redonda "Produção e cadeia de valor"
Participantes
Paulo E. Cruvinel - Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e presidente da Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA)
Luiz Antonio Pinazza - Consultor e consultor técnico da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag)
Coordenador:
Daniel Antônio Salati Marcondes - Vice-presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e professor aposentado da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual Paulista (Unesp)

12h15 - Intervalo para o almoço

14h - Mesa-redonda "Tecnologia na produção de alimentos"
Participantes
Luís Fernando Ceribelli Madi - Diretor técnico de Departamento do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital)
Thiago Guilherme Péra - Coordenador do Grupo de Pesquisa e Extensão Agroindustrial de Logística da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo (Esalq/USP)
Coordenador:
Orlando Melode Castro - Coordenador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta)

16h30 - Encerramento

 

Comunicação SEESP

 

 

 

 

 

agenda