GRCS

Mostrando itens por marcador: estágio

Oportunidades na Engenharia

Jovens TalentosIlustração captada no Pixabay.

 

A Minerva Foods abriu dez vagas, no seu Programa Trainee 2018, para estudantes das engenharias de Produção, Alimentos, Mecânica e Elétrica. A empresa é do setor de alimentos.

>> Confira todas as informações sobre essa vaga e inscrição aqui

 

O Programa Jovens Profissionais Bunge 2018 está com seleção aberta, até 20 de abril. Ao todo são 18 vagas distribuídas em diversos estados onde a companhia possui unidades. Há a necessidade de total mobilidade de residir em diferentes localidades, pois a alocação será decidida posteriormente. Para participar do processo seletivo é necessário os seguintes pré-requisitos: ter até dois anos de formado ou estar cursando o último semestre das engenharias Agronômica, Agrícola, de Produção, Mecânica, Química, de Automação; domínio do idioma inglês e Espanhol (desejável).

 

>> Confira outras informações e inscrição aqui

 

A Timac Agro, fabricante e comercializante de fertilizantes de alta tecnologia, tem o seu programa de trainee “Safra de Talentos” com inscrições abertas até 17 de maio próximo. Pré-requisito: profissionais formados entre junho 2015 e junho 2018, com graduação em Agronomia; mobilidade e fluência em segundo idioma desejáveis.

 

>> Confira a oportunidade aqui

 

 

Oportunidades na Engenharia

 

O setor de Oportunidades na Engenharia compilou, em mais de 60 editais de concursos públicos que estão em processo de inscrição aberto, vagas para os profissionais da área representada pelo SEESP. Levou-se em conta nessa seleção, principalmente, o respeito ao piso salarial da categoria, estabelecido pela Lei 4.950-A/66. Disponibilizamos, a seguir, de forma prática e objetiva as informações das vagas com link para o edital.

** Região Sul e Sudeste

Rio de Janeiro
Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região

concurso trt rjSão 16 vagas de nível médio e superior. Há oportunidades para analista judiciário nas áreas jurídica, na especialidade oficial de justiça, área administrativa, na área de engenharia e de psicologia. O salário máximo pode chegar a R$ 15.164,03. As inscrições devem ser feitas até 19 de abril pelo site do Instituto AOCP.

>> Edital na íntegra

Cargo - Analista Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil

Atribuições: Elaborar projetos relativos a construção, conservação e reforma dos prédios do Tribunal; acompanhar e fiscalizar obras e serviços; realizar exames técnicos de expedientes relativos a execução de obras; prestar assistência em assuntos técnicos relacionados a projetos de obras de instalações prediais e de estruturas; executar desenho técnico; emitir pareceres técnicos e elaborar especificações técnicas e relatórios sobre assuntos relativos à sua área de atuação; acompanhar a manutenção de instalações hidráulicas dos prédios do Tribunal; acompanhar manutenção de instalações elétricas de baixa tensão; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Cargo - Analista Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica

Atribuições: Elaborar projetos relativos a construção, conservação e reforma dos prédios do Tribunal; acompanhar e fiscalizar obras e serviços; realizar exames técnicos de expedientes relativos a execução de obras; prestar assistência em assuntos técnicos relacionados a projetos de obras de instalações prediais e de estruturas; executar desenho técnico; emitir pareceres técnicos e elaborar especificações técnicas e relatórios sobre assuntos relativos à sua área de atuação; acompanhar a manutenção das centrais e aparelhos de ar condicionado e das instalações elétricas dos prédios do Tribunal; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Cargo - Analista Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica

Atribuições: Elaborar projetos relativos à construção, conservação e reforma de estruturas e equipamentos componentes ou complementares das edificações do Tribunal; acompanhar e fiscalizar obras e serviços relativos a esses sistemas; realizar exames técnicos de expedientes relativos à execução de obras ou montagem de sistemas mecânicos; prestar assistência em assuntos técnicos relacionados a obras que contenham ou interfiram em equipamentos e estruturas mecânicas; executar desenho técnico de sistemas e equipamentos mecânicos; emitir pareceres técnicos e elaborar especificações técnicas e relatórios sobre assuntos relativos à sua área de atuação; acompanhar a manutenção preventiva e corretiva de estruturas e equipamentos hidráulicos e mecânicos dos prédios do Tribunal; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Paraná
Prefeitura de Goioxim

Na área são duas vagas ao todo, uma para engenheiro agrônomo e outro para civil, com jornada semanal, respectivamente, de 30 horas e 20 horas. Inscrições: até 19 de abril no site do Instituto Saber.

>> Edital na íntegra

** Norte e Nordeste

Sergipe
Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão do Estado

São 13 vagas para nível superior, o que inclui a engenharia, para trabalhar como especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Jornada semanal de 30 horas e salário inicial de R$ 7.714,29. Inscrições até 8 de maio pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

>> Edital na íntegra

Maranhão
Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap)

Emap ItaquiSão 18 vagas ao todo (ampla concorrência, pessoas com deficiência e negros) para o cargo de especialista portuário com formação em Engenharia Civil; e 15 vagas totais para especialista portuário com formação em Engenharia Mecânica. Salário inicial para ambos os cargos de R$ 8.586,00. Inscrições até 9 de maio pelo site Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), da Universidade de Brasília (UnB).

>> Edital da íntegra

Cargo – Especialista portuário – Engenharia civil
Descrição sumária das atividades: atuar na fiscalização, implantação e controle de obras; elaborar e monitorar o planejamento de obras; elaborar e liberar medições; desenvolver as atividades de elaboração de projetos conceitual, básico e executivo de Engenharia e seus complementares; acompanhar e monitorar os projetos de engenharia; elaborar orçamento de obras e realizar outras atribuições correlatas ao cargo.

Cargo – Especialista portuário – Engenharia mecânica
Descrição suma das atividades: fiscalizar e acompanhar as atividades de manutenção mecânica, monitorando a realização das manutenções corretivas e preventivas; atuar no planejamento, fiscalização, implantação e controle de serviços de manutenção; elaborar e liberar medições; desenvolver as atividades de elaboração de projetos conceitual, básico e executivo de manutenção mecânica e seus complementos; elaborar orçamento de serviços de manutenção e realizar outras atribuições correlatas ao cargo.

 

 

 

Comunicação SEESP

O Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP vai promover um minicurso de capacitação para profissionais e estudantes da área sobre “Liderança e gestão de pessoas na engenharia”, nos dias 7, 14 e 21 de abril próximo, das 8h às 16h. As inscrições devem ser feita até o dia 2 – aqui.

A coordenadora do núcleo, Marcellie Dessimoni, explica que a atividade está sendo pensada a partir dos impactos do progresso tecnológico, com a inteligência artificial, a automação, a chamada revolução 4.0. “Esses novos saberes exigem profissionais cada vez mais preparados para assumir papéis de liderança”, salienta. Para ela, tal cenário, apesar de altamente tecnológico, também tem interface com o desenvolvimento de habilidades humanas, como gestão de equipes, comunicação eficiente, administração estratégica, entre outras.

Com essa preocupação é que o núcleo lança esse primeiro curso, com carga total de 21 horas, durante três sábados no mês de abril, com emissão de certificado ao final. “O desafio dos engenheiros diante de tantas mudanças, inovações e a produtividade cada vez mais elevada é ainda maior e requer um papel eficaz na liderança de equipes que traga mais resultados às corporações”, destaca Dessimoni.

As inscrições são limitadas e devem ser feitas até 2 de abril. Profissionais e estudantes associados ao SEESP pagam R$ 80,00; público em geral, R$ 160,00. O curso será na sede do sindicato, na capital paulista (Rua Genebra, 25, Bela Vista).

>> Mais informações e inscrições aqui

 

Comunicação SEESP*

O Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP se reuniu com a diretoria da ONG Engenheiros sem Fronteiras, seção Brasil, com o intuito de trocar experiências e falar de projetos futuros. O encontro foi no dia 2 de março último, na sede do sindicato, na capital paulista.

Conforme material de divulgação, a organização foi fundada em 2010, na cidade de Viçosa, em Minas Gerais. Hoje, a ONG conta com núcleos em todas as regiões do País, que atuam com o objetivo de parear o aprendizado e papel social com a atuação dos profissionais e estudantes de engenharia, elaborando projetos inspirados pela solidariedade e sustentabilidade.

Foto: Núcleo Jovem Engenheiro
Representantes da ONG Engenheiros sem Fronteiras se reúnem com Núcleo Jovem do SEESP.

No encontro, conforme coordenadora do núcleo do SEESP, Marcellie Dessimoni, buscou-se o compartilhamento de ações e experiências de grupos que atuam com a mesma visão de levar a engenharia ao campo social. “Discutimos sobre a necessidade de tornar cada vez maior a interação entre a engenharia e a sociedade, pois o engenheiro tem em suas mãos as habilidades para desenvolver de forma sustentável e com justiça social um país”, destacou.

>> Confira aqui mais informação sobre o Engenheiros Sem Fronteiras

* Com informações do Núcleo Jovem Engenheiro

 

A consultoria Michael Page aponta o que as companhias esperam na retomada do crescimento da economia nacional. Segundo seu diretor executivo, Ricardo Basaglia, com indicativo de recuperação, as empresas – após três anos seguidos em que reduziram custos, projetos, estrutura física e pessoal – devem “planejar ações de expansão, em diversos níveis, e os gestores terão o desafio de liderar boa parte dessas iniciativas”. Basaglia selecionou algumas perguntas que estarão na pauta dos processos seletivos para gestores em 2018. Confira os temas e explicação de cada tópico:

1- Quantas pessoas você conheceu em 2017 que contribuíram para o seu conhecimento? Onde ocorreram essas conexões?

As empresas querem entender em quais circunstâncias os gestores encontraram fontes de referência ou inspiração em nível profissional e pessoal.

2- Em quais momentos você contribuiu para o desenvolvimento de alguém no ano passado? Pense em colegas, amigos, companheiros de trabalho etc..

É fundamental que o gestor demonstre o seu poder de contribuição, mais do que isso: sua disposição para fazer mais e levar bons valores às pessoas a sua volta.

3 – Quais conhecimentos você adquiriu fora de sua área de atuação em 2017?

Demonstrar capacidade de aprendizado, mesmo quando está em off, é uma virtude muito valiosa. Isso demonstra que o gestor tem compromisso com o autodesenvolvimento e criatividade.

4 – Se você não existisse na sua atual empresa, o que ela perderia?

Este é o momento em que o gestor deve comentar os seus feitos individuais, resultados, projeções e também evidenciar as suas habilidades sutis de inspiração e relacionamento com as pessoas e clientes. Ele deve ressaltar o seu respeito à instituição e aos pontos do negócio.

5 – Quando as pessoas não gostam de você no ambiente de trabalho, normalmente quais são os motivos? Você é capaz de enxergá-los sem o feedback de outras pessoas? Quais comportamentos você tem oportunidade de melhorar?

Aqui as empresas estão de olho em um dos aspectos da já tradicional “inteligência emocional” mais desejados neste momento de mercado: a capacidade de reconciliação. Os períodos de crise deixam marcas. Será fundamental que os gestores saibam reconectar as pessoas, ao menos, para a cooperação em alto nível dentro do trabalho. Isso será importante para a retomada de crescimento.

 

Educação continuada
Isitec oferece pós em gestão de TI e ambiental e muito mais

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) está com inscrições abertas para seis cursos de pós-graduação e MBA. Estão compreendidas várias especializações, entre essas em Gestão de Tecnologia da Informação (TI), com ênfase em inovação; Geração de energia solar fotovoltaica; Gestão ambiental sustentável; Excelência operacional; Energia e BIM. Todas as informações sobre grade curricular, valores etc. são obtidas em  www.isitec.org.br/pos/.

 

Seminário
Inovação na educação em engenharia

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo SEESP, sediará o seminário “Educação empreendedora e novas diretrizes curriculares em engenharia”, no dia 19 de março próximo. A atividade é uma realização da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge). O diretor de graduação do instituto, José Marques Póvoa, destaca a importância do evento à engenharia nacional, porque “na proposta das novas diretrizes curriculares a formação empreendedora será indispensável”. Ele prossegue: “Todos os cursos da área terão que se adequar para atender a essas condutas, sendo uma delas fazer com que o profissional atue em todo o ‘ciclo de vida’ e contexto do empreendimento, inclusive na sua gestão e manutenção.”

Nesse sentido, observa o professor, o Isitec pode se tornar um “modelo, uma vez que já fomos criados com essa visão”. E explica: “No nosso curso de Engenharia de Inovação, pioneiro no País, temos sete disciplinas, como momentos de discussão, sobre empreendedorismo/design/inovação.”

O seminário da Abenge tratará, entre outros temas, de políticas públicas e privadas para a educação empreendedora em engenharia, lançando perspectivas e debatendo relatos de casos. “A proposta para as novas diretrizes foca em um perfil desejado do engenheiro para o século XXI, uma das premissas para criar o Isitec e a graduação em Engenharia de Inovação”, exalta Póvoa.

O seminário será das 8h às 19h, na sede do instituto, na Rua Martiniano de Carvalho, 170, bairro Bela Vista, capital paulista.  Confira a programação preliminar.

agenda