GRCS

Mostrando itens por marcador: abenge

Agência Fapesp*

O Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP) realiza o evento “Mobilização Empresarial pela Inovação e Indústria 4.0”, nesta quinta-feira (5/04), a partir das 10h.

Segundo o IEA, a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) foi criada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em 2008, com o objetivo de sensibilizar e mobilizar as indústrias brasileiras a tornarem a inovação parte central de sua estratégia de diferenciação, competitividade e crescimento.

A MEI atua junto ao setor empresarial e órgãos de governo que regulam e financiam a inovação no Brasil. Ao longo deste período, a MEI teve papel importante na formulação e aprovação de políticas públicas que favorecem as atividades inovadoras.

A apresentação incluirá dados históricos da MEI, os programas ora em andamento e as suas ambições futuras. O expositor será Pedro Wongtschowski, presidente do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI), membro do Conselho Superior da FAPESP e liderança da MEI.

O evento é público e gratuito, sem necessidade de inscrição, e ocorrerá na sala Alfredo Bosi do IEA, rua da Praça do Relógio, 109, Cidade Universitária.

>> Haverá transmissão ao vivo em www.iea.usp.br/aovivo

>> Mais informações: www.iea.usp.br/eventos/mei-e-industria-4.0

* Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

 

Comunicação SEESP*

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo SEESP, sediará o seminário “Educação empreendedora e novas diretrizes curriculares em engenharia”, no dia 19 de março próximo. A atividade é uma realização da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge). O diretor de graduação do instituto, José Marques Póvoa, destaca a importância do evento à engenharia nacional, porque “na proposta das novas diretrizes curriculares a formação empreendedora será indispensável”. Ele prossegue: “Todos os cursos da área terão que se adequar para atender a essas condutas, sendo uma delas fazer com que o profissional atue em todo o ‘ciclo de vida’ e contexto do empreendimento, inclusive na sua gestão e manutenção.”

Nesse sentido, observa o professor, o Isitec pode se tornar um “modelo, uma vez que já fomos criados com essa visão”. E explica: “No nosso curso de Engenharia de Inovação, pioneiro no País, temos sete disciplinas, como momentos de discussão, sobre empreendedorismo/design/inovação.”

O seminário da Abenge tratará, entre outros temas, de políticas públicas e privadas para a educação empreendedora em engenharia, lançando perspectivas e debatendo relatos de casos. “A proposta para as novas diretrizes foca em um perfil desejado do engenheiro para o século XXI, uma das premissas para criar o Isitec e a graduação em Engenharia de Inovação”, exalta Póvoa.

O seminário será das 8h às 19h, na sede do instituto, na Rua Martiniano de Carvalho, 170, bairro Bela Vista, capital paulista.  Confira a programação preliminar.

* Matéria publicada, originalmente, no Jornal do Engenheiro, Edição 513, de março de 2018

 

agenda