GRCS

Nesta sexta-feira (16/09), no último dia da 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, iniciada no dia 13 último e realizada no Centro de Convenções Frei Caneca, na Capital paulista, o diretor geral do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), Saulo Krichanã Rodrigues, participa da mesa “Participação privada – como viabilizá-la?”, que vai fazer uma avaliação técnica sobre os fatos e tendências das atuais PPP metroferroviárias; O empreendimento Linha 6-Laranja do metrô paulistano. Proposta de concessão da Linha 5-Lilás do Metrô-SP.

Junto com Krichanã estarão José Roberto Generoso, secretário Nacional de Transporte e Mobilidade Urbana; Thais Rey Grandizoli, assessora da Secretaria de Governo do Estado de SP e Ailton Brasiliense Pires, presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP).

Os trabalhos prosseguem com outros especialistas que tratarão das “Fontes de recursos para implantação e operação dos sistemas metroferroviários”. Esse painel trará exemplos internacionais e abordará a evolução das estações metroferroviárias, hoje transformadas em polos de atração e desenvolvimento.

No painel “Recolocar o Brasil nos trilhos”, a partir das 14h, em discussão o quadro da crise nacional, quais são as perspectivas para o setor de transporte sobre trilhos; a necessidade de remoção dos entraves para implantação de empreendimentos metroferroviários e atualidade e possibilidade de benefícios fiscais em projetos do modal.

A programação e os palestrantes você pode conferir aqui.


Rosângela Ribeiro Gil
Comunicação SEESP







 

O tema mobilidade urbana tem sido pauta constante de todas as edições da Semana de Tecnologia Metroferroviária, criada em 1995 pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (Aeamesp). O tema central da 19ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, que será realizada no período de 10 a 13 de setembro de 2013, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo é "Os Desafios da Mobilidade Sustentável”. Durante o congresso, autoridades, técnicos das operadoras, indústria e profissionais do setor de transporte debaterão questões importantes relacionadas à mobilidade urbana nas grandes e médias cidades e a adoção de propostas de soluções sustentáveis, sob os pontos de vista técnico, econômico, social e ambiental.

Paralelamente ao congresso, acontecerá a Metroferr que na edição 2013 terá uma área maior para que os expositores divulguem suas marcas e mostrem o que há de mais moderno em termos de produtos e serviços para atender o mercado metroferroviário.

As inscrições para o Congresso já estão abertas e poderão ser feitas por meio do site: www.aeamesp.org.br e mais informação pelo telefone (11) 2387-0111.

Programação preliminar

Terça-feira, 10 de setembro de 2013

12h00 – Credenciamento

14h00 - Cerimônia de Abertura

15h00 Coffee Break

15h30 Palestra/Vídeo Institucional CREA SP

15h45 Palestra de Abertura - Os Impactos Econômicos, Sociais e Ambientais da Infraestrutura Insuficiente de Transportes

Quarta-feira, 11 de setembro de 2013

09h00 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

09h00 Painel 1: Soluções para a Mobilidade nas Cidades

Palestrantes convidados: Julio Eduardo dos Santos, Secretário da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – Semob e Nazareno Sposito Neto Stanislau Affonso, Coordenador do MDT – Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos – MDT

10h20 Coffee Break

10h40 Painel 2: Como Acelerar a Implantação dos Empreendimentos Metroferroviários

12h00 - Intervalo para almoço

13h30 - Apresentação dos Trabalhos Técnicos

13h30 Painel 3: Aspectos Técnicos da PPP Integral na Consecução de Projetos Metroferroviários

15h00 Coffee Break

15h30 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

15h30 Painel 4: Impactos e Benefícios do Transporte de Cargas sobre Trilhos para a Melhoria da Mobilidade Urbana

Quinta-feira, 12 de setembro de 2013

09h00 - Apresentação dos Trabalhos Técnicos

09h00 Painel 5: Monotrilhos e Seus Desafios

10h20 Coffee Break

10h40 Painel 6: Soluções Sustentáveis na Construção e Operação de Sistemas Metroferroviários

12h00 Intervalo para almoço

13h30 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

13h30 Painel 7: O Papel das Universidades e Empresas na Formação Complementar Específica para o Setor

15h00 Coffee Break

15h30 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

15h30 Painel 8: Os Desafios para o Domínio de Novas Tecnologias nos Sistemas Metroferroviários

Sexta-feira, 13 de setembro de 2013

09h00 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

09h00 Painel 9: Projetos de VLTs em Estudo e Implantação no Brasil

10h20 Coffee Break

10h40 Painel 10: Planos e Projetos para Implantação de Trens Regionais

12h00 Intervalo para almoço

13h30 Apresentação dos Trabalhos Técnicos

13h30 Painel 11: Planos de Expansão para o Transporte Urbano de Passageiros no Brasil

Moderador convidado: Luiz Antonio Carvalho Pacheco, Presidente do Metrô-SP Palestrantes convidados: Julio Eduardo dos Santos, Secretário da Semob; Rômulo dos Santos Fortes, Presidente do Metrô de Fortaleza –Metrofor; Rodrigo Goulart de Oliveira Vieira, SubSecretário Adjunto de Projetos Especiais da Casa Civil do Governo do Rio de Janeiro e Humberto Kasper, Presidente – Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre – Trensurb

15h00 Coffee Break

15h30 Painel de Encerramento: Perspectivas Futuras de Expansão para o Setor Frente às Conjunturas Atuais

16h15 Cerimônia de Encerramento

 

Fonte: Assessoria da Aeamesp




Superando os 2.300 participantes da edição do ano passado, a 18ª. Semana de Tecnologia Metroferroviária, realizada do dia 11 a 14 último, que teve como tema "A Contribuição dos Trilhos para a Mobilidade”, atendeu às expectativas dos organizadores. Nos três dias e meio de debates foram realizados nove painéis com exposições de importantes temas da atualidade do setor, políticos e econômicos, sobre avanços tecnológicos. O seminário incluiu a apresentação de 45 trabalhos técnicos focando assuntos pertinentes ao desenvolvimento tecnológico, PPPs (Parcerias Público Privadas), sistemas de monitoramento, políticas públicas, licenciamento ambientas, paisagismo, segurança operacional, energias renováveis, comunicações, manutenção, monotrilho, entre outros.

* Veja aqui todas as fotos do evento

Para José Geraldo Baião, presidente da Aeamesp (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô), organizadora do evento, o ambiente refletiu o momento de otimismo que o setor vive, com investimentos programados para construção de 10 mil km de ferrovias, novo programa de concessões pelo governo federal e em nível estadual, a ampliação e construção de quatro linhas de metrô ao mesmo tempo em São Paulo, o anúncio de linhas regionais para o interior de São Paulo e do trem de alta velocidade, que juntos representam mais de R$ 100 bilhões em investimentos.

O crescimento de 7,65% do número de passageiros transportados em 2011 (2,43 bilhões) em relação a 2010 nos 16 sistemas existentes no Brasil. "Para este ano o aumento deverá ser ainda maior, levando-se em conta o recorde histórico do metrô de São Paulo, que atingiu 7,5 milhões no dia 6 de setembro”.

Os nove painéis discutiram o desafio da indústria nacional para equipar as novas linhas em construção, a desoneração do setor em energia elétrica, o programa de eficiência energética, para criar um fundo para investir em novos empreendimentos, a participação da iniciativa privada no setor, os trens regionais de longo percurso e média e alta velocidade; o regulamento de operações de direito de passagem e tráfego mútuo, a mobilidade sustentável, os sistemas inteligentes de transporte (ITS) e reuniram as principais lideranças do setor. O temário não só dos paineis como dos trabalhos técnicos, são escolhidos por comissões técnicas da Aeamesp, e tem a colaboração de conselheiros como Rogério Belda, ex-presidente da ANTP e Plínio Assmann, ex-presidente do Metrô-SP.

O SEESP participou da cerimônia de encerramento do evento, no dia 14, com o vice Laerte Conceição Mathias de Oliveira, representando o presidente Murilo Celso de Campos Pinheiro. Também compuseram a mesa Jurandir Fernando Fernandes Ribeiro, secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo; Julio Eduardo dos Santos, secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades (MCidades); Peter Berkely B. Walker, presidente do Metrô-SP; Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira, presidente da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos); Joaquim Lopes da Silva Júnior, presidente da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos); Joubert Fortes Flores Filho, presidente da ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos), entre outros.

 

Imprensa – SEESP
Informação da Assessoria de Imprensa da Aeamesp



Em sua 18ª edição, a Semana de Tecnologia Metroferroviária, realizada do dia 11 a esta sexta-feira (14/09), reuniu técnicos, entidades, empresas e órgãos públicos municipais, estaduais e federal para discutir novas tecnologias no setor de transportes no País e no mundo, bem como debater estratégias de investimentos tanto para o transporte de passageiros como para o de cargas. “A contribuição dos trilhos para a mobilidade” foi tema central do evento, organizado pela Aeamesp (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô), no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Segundo os organizadores, as cidades continuam crescendo desordenadamente. Mesmo em municípios menores, os congestionamentos já fazem parte do dia a dia. Em alguns centros, a sociedade vive à beira do insuportável. Deslocar-se no meio urbano e mesmo chegar ou sair de muitas cidades tornou-se um grande desafio, que demanda paciência e tempo. Viagens entre elas pelo modo ferroviário são alternativas não disponíveis.

As políticas de uso e ocupação do solo, transporte e trânsito não convergem. De modo geral, os municípios vivem buscando soluções que só oferecem mais lugar para os carros e as motos. No âmbito Federal tomam-se decisões para continuar a privilegiar o transporte individual, ora com desoneração tributária, ora com incentivo ao crédito ou até mesmo segurando os preços dos combustíveis, apesar das variações da cotação do barril de petróleo no mercado internacional.

Neste contexto de dificuldades crescentes, o transporte público coletivo, nos seus diferentes modos - seja nas ligações urbanas, regionais ou de longo percurso - passa a ter um papel mais relevante na matriz de transporte e torna-se agente de transformação socioeconômica.

O vice-presidente do SEESP, Laerte Conceição Mathias de Oliveira, estará na cerimônia de encerramento da Semana, representando o presidente da entidade, Murilo Celso de Campos Pinheiro, que acontece nesta sexta-feira (14), no período da tarde.

* Veja aqui as fotos do evento da Aeamesp

 

Imprensa – SEESP
Com informação da Assessoria de Imprensa da Aeamesp



agenda