logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 71

19/09/2014

É preciso resolver de uma vez por todas a situação na PMSP, diz Pinheiro

O presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP), Murilo Celso de Campos Pinheiro, manda um recado ao prefeito Fernando Haddad (PT): “Ele (prefeito) tem que pegar essa bandeira e resolvê-la. E resolvê-la de uma vez por todas. Nós não podemos aceitar que mais de mil profissionais estejam nessa condição. Qual é o brasileiro que quer ter um reajuste de 0,01% ao ano? Acho que temos que enfrentar essa questão de uma forma mais séria”.

A declaração foi feita no quadro No Ponto, que é exibido semanalmente no JE na TV. Nesta semana, o tema foi a luta dos engenheiros e arquitetos da Prefeitura de São Paulo.

“Nós temos engenheiros aqui, na Prefeitura de São Paulo, há anos sem receber aumento salarial. Talvez um aumento de 0,01%. Isso precisa ter um ponto final”, afirma Pinheiro, lembrando que o projeto de Lei 312/14, do Executivo, que tramita na Câmara Municipal, não atende à categoria.

O presidente do SEESP enfatiza que é um momento crucial para que a situação seja, enfim, resolvida com o objetivo de valorizar os profissionais. O projeto do Executivo congela os salários de todo o funcionalismo público municipal, a partir da remuneração feita por subsídio. Assista ao No Ponto:






Imprensa SEESP





Lido 2222 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda