GRCS

10/09/2012

Campanha contra precarização das condições de trabalho médico

A Fenam (Federação Nacional dos Médicos) está com movimento em todo o país contra a precarização das condições de trabalho dos médicos. As ações incluem articulação com as superintendências regionais do Trabalho nos Estados para fiscalização de hospitais públicos e privados e também o ingresso de ações judiciais nos casos mais graves. Além disso, a entidade vai se posicionar publicamente contra as condições sub-humanas a que são submetidos os profissionais de saúde em hospitais e fundações, o que configura violação dos direitos humanos.

A federação vai elaborar, ainda, uma cartilha com os direitos e deveres dos médicos nos locais de trabalho para orientar os profissionais e facilitar a identificação dos casos que violem os direitos humanos. Em muitos hospitais do País médicos e demais profissionais de saúde são submetidos a condições precárias como a falta de banheiros, de água, alimentação de péssima qualidade e locais de descanso e de trabalho totalmente insalubres.

 

Imprensa – SEESP
Informação da CNTU e da Fenam



Lido 3529 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda