GRCS

03/09/2012

Aeroportos têm a pior avaliação entre especialistas

Aeroportos e portos têm atualmente a pior avaliação entre as sete principais áreas para o sucesso da realização do evento. De acordo com a segunda edição do Termômetro Trevisan Copa 2014, pesquisa realizada trimestralmente pela Trevisan Gestão do Esporte, que reúne a opinião de especialistas quanto a realização e organização do evento, o indicador de confiança para esse item é de 1,6%, numa escala que varia de 1 a 5.

“Houve avanços importantes no quesito aeroportos nos últimos meses e todos os 13 envolvidos com a Copa já estão com obras em andamento”, afirma o pesquisador da Trevisan Gestão do Esporte, Fernando Trevisan. “Mesmo assim, parece haver ainda muita desconfiança do público quanto à capacidade de melhoria concreta dos aeroportos até 2014.” A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) concedeu autorização para o início das obras de ampliação do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

O Termômetro Trevisan Copa 2014 é o único levantamento realizado a partir da percepção de profissionais ligados aos negócios do esporte. Esta edição contou com a participação de 1.000 especialistas, entre eles professores e alunos dos cursos do MBA Gestão e Marketing Esportivo, assim como profissionais da indústria do esporte.

A pesquisa aborda sete áreas principais para o sucesso da realização do evento. A média geral ficou em 2,2 nas duas primeiras edições. O levantamento será apurado trimestralmente, até a realização do megaevento esportivo.

Imprensa – SEESP
Informação da Trevisan Escola de Negócios



Lido 1835 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda