GRCS

22/08/2012

Portuários prometem parar contra pacote de concessão do setor

Sindicatos de trabalhadores dos portos brasileiros, filiados a FNP (Federação Nacional dos Portuários), prometem organizar paralisações no setor, caso não recebam esclarecimentos do governo federal sobre as concessões à iniciativa privada dos portos públicos. A decisão foi aprovada, nesta terça-feira (21/08), junto com um calendário de mobilizações.

As atividades iniciarão com assembleias regionais, depois prosseguem com uma plenária nacional reunindo as três federações, a dos portuários (FNP), a dos consertadores e conferentes (Fenccovib) e a dos estivadores (FNE), e ainda um ato público em Brasília com trabalhadores de todos os estados, finalizando com uma greve nacional por 24 horas.

Os portuários criticam a falta de transparência na condução do plano de logística para os portos e terem sido alijados da discussão. Segundo eles, os empresários foram ouvidos pelo governo na elaboração do pacote, já as três federações portuárias vêm tentando audiências junto ao governo a fim de obter informações sobre os possíveis impactos das medidas dos pacotes de concessão para os trabalhadores, no entanto, não obtiveram resposta.

 

Rosângela Ribeiro Gil
Com informações da Assessoria de Imprensa da FNP



Lido 2387 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda