GRCS

16/07/2012

Fiscalização em aeroportos será baseada em metodologia do Crea-PR

Fiscalização Integrada de Acessibilidade (FIA) feita pelo Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná) poderá servir de base para a fiscalização de todos os aeroportos das cidades brasileiras que sediarão jogos da Copa do Mundo em 2014. O assunto foi discutido durante reunião, no dia 11 último, com o Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia), Ministérios das Cidades e do Planejamento, Casa Civil, Infraero e Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O método elaborado pelo Crea-PR foi aplicado em 2007 e em 2012 no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, no Paraná. No primeiro estudo, foram levantadas as necessidades de adequação da estrutura. Este ano, o Conselho avaliou o que foi ou não solucionado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) durante esse tempo.

De acordo com o Departamento de Fiscalização do Crea-PR, alguns aspectos do checklist baseada na NBR 9050 foram adequados, mas ainda faltam ajustes, como, por exemplo, na nova área de estacionamento do aeroporto. Apesar de ter o número exigido na norma, as medidas das vagas para pessoas com deficiência estão erradas. 

Durante a reunião, a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência apresentou um novo checklist elaborado pela sua equipe técnica, também contemplando pontos importantes para a acessibilidade dos aeroportos.

A primeira fiscalização feita em conjunto pelo Confea, Creas, Infraero e outros órgãos envolvidos, será feita com base neste novo checklist no Aeroporto Internacional de Brasília.

 

Imprensa – SEESP
* Informação do PiniWeb


Lido 3122 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda