GRCS

06/06/2012

Isitec inaugura atividades em prol da inovação

“Com a cabeça no futuro e pés no presente” foi dado o pontapé inicial às iniciativas do Isitec (Instituto Superior de Inovação e Tecnologia) na noite do dia 5 de junho. As palavras que procuraram definir a concepção arrojada que norteia o novo centro de ensino foram pronunciadas na ocasião pelo seu diretor-geral Antonio Octaviano. Realizado na sede do SEESP, entidade mantenedora, o evento abriu o ciclo de seminários “Junho da Inovação”, que incluirá ainda temas atuais como economia verde (no dia 12), bio e nanotecnologia (19) e sustentabilidade ambiental nos empreendimentos de engenharia (26).

 

* Veja aqui as fotos do primeiro dia (5/06) do ciclo de seminário Junho da Inovação

Octaviano lembrou ainda que a proposta do Isitec decorre da visão de que o País não pode prescindir de uma cultura de inovação. Com isso, oferecerá em breve graduação de engenharia nessa modalidade no prédio que abrigará a instituição de ensino, na Rua Martiniano de Carvalho. Murilo Celso de Campos Pinheiro, presidente do SEESP, destacou que trata-se da realização de um sonho, cujo trabalho “é da maior importância para todos nós, engenheiros, sindicalistas e cidadãos paulistanos e paulistas”. Também à abertura do ciclo, Edgar Horny, presidente da VDI-Brasil (Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha), valorizou a iniciativa como importante contribuição à competitividade e melhoria das condições de vida em âmbito nacional. Na mesma linha, João Alberto Viol, presidente do Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva), apontou a necessidade de profissionais qualificados para tanto. “Temos na inovação, na formação e na capacitação a chave. E o Isitec será uma grande alavanca a essa consolidação da engenharia brasileira.” Acreditando no projeto e na atuação conjunta, Milton Léo, reitor do Unilins (Centro Universitário de Lins), ofereceu as instalações da escola em Lins à nova faculdade.
 

Na opinião de José Roberto Cardoso, diretor da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), a nova instituição de ensino precisa ter a visão de que “a internacionalização é atualmente uma medida de qualidade e deverá ser praticada com intensidade para que consigamos formar um engenheiro global. Se o Isitec nascer com essa mentalidade, vai ser referência nacional. E é esse espírito que estou enxergando na equipe que está conduzindo essa proposta”. Saudando a iniciativa, o vereador paulistano Jamil Murad (PCdoB) vaticinou: “Essa atividade do SEESP é uma alavanca em prol dos mais legítimos anseios de defesa da soberania nacional como instrumento para dar uma vida digna ao brasileiro mais simples.” O deputado estadual Simão Pedro (PT-SP) concluiu: “O Isitec será muito importante nesse processo histórico que o Brasil está passando. Terá uma longa vida de grandes contribuições na produção acadêmica, nos cursos, na formação e no aperfeiçoamento profissionais.”

 

Soraya Misleh
Imprensa – SEESP

 

Leia também
* Ciclo de seminários Junho da Inovação será no auditório do SEESP
* Isitec: formar mais e melhores engenheiros
* 
Fortalecer relação universidade-empresa para a inovação
* 
Valorização profissional e a importância da qualificação
* 
Ensino de engenharia requer envolvimento prático e criatividade
* 
1º Encontro Tecnológico Brasil-Alemanha em São Carlos
* 
Inovação será o foco da Instituição de Ensino Superior do SEESP


Lido 2619 vezes

Comentários   

# Tecnologia SustentávelKleber A.R.Barreiros 10-06-2012 15:15
Querido amigo,

Repasse a outros que queiram ler,
pensar, falar e fazer melhor.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda