logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

26/08/2022

Categoria aprova primeiro acordo coletivo dos engenheiros da Embraer

Comunicação SEESP

 

Em expressiva Assembleia Geral Extraordinária virtual ocorrida no dia 18 de agosto (em torno de 40% dos engenheiros da empresa participaram) foi aprovado o primeiro Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos engenheiros da Embraer, fruto de intensa negociação entre o SEESP e a empresa.

 

No total, 1.061 engenheiros, representando 81,12% dos participantes na assembleia, votaram em favor do acordo cujos principais pontos são:

 

  • considerando a data-base em 1º de maio, o reajuste salarial em 1º/5/2022, contemplando o período de 1º./9/2021 a 30/4/2022 (sete meses), será de 8,31% aos empregados que tenham salários de até R$ 14.000,00 (remuneração vigente em 30/4/2022).
    Obs.: Em 1º de maio de 2023 o período de apuração será de 12 meses;

 

  • para quem recebe acima de R$ 14.000,00, o reajuste em 1º/5/2022 será no valor fixo de R$ 1.163,00 (um mil, cento e sessenta e três reais), podendo os referidos empregados serem elegíveis a reajustes salariais adicionais de acordo com a política interna da empresa, que adota critérios de meritocracia e desempenho individual;

 

  • piso salarial de R$ 7.272,00 para engenheiros que tenham se formado em até dois anos da contratação, com a garantia que durante a jornada total diária estará incluído o período de conhecimento prático. Aos engenheiros que não se enquadram nessa condição, o salário normativo (piso) a ser aplicado será o previsto na legislação competente, de acordo com a jornada de trabalho.

 

A assinatura desse acordo constitui significativo avanço para a categoria na empresa. Agora, o sindicato pode defender os direitos e pleitos específicos dos engenheiros em negociação direta com a Embraer.

 

 

 

 

 

 

 

Lido 371 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda