logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

14/07/2022

SEESP rejeita premissas de negociações para 2022 da Telefônica/Vivo

Comunicação SEESP

 

Na primeira rodada de negociações da Campanha Salarial 2022 dos engenheiros da Telefônica/Vivo, realizada em 6 de julho, a empresa propôs premissas para as negociações que, em regra, especialmente sobre o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2022/2024, representam perda ou retrocesso para os profissionais.

 

A companhia alegou dificuldades econômicas e preocupações frente às incertezas das conjunturas econômicas do País e do mundo, mas tais premissas foram rejeitadas pelo SEESP, pois retratam um descompasso com o que representa a Telefônica/Vivo enquanto empresa líder do mercado no País.

 

As propostas apresentadas estão bem aquém, inclusive, do padrão dos acordos salariais obtidos pelo sindicato em todas as datas-bases de 2022 até o presente momento, caracterizados em regra pela reposição dos salários e benefícios com base na inflação aferida, contemplando em alguns casos a necessidade de reajustes superiores à inflação para os vales-alimentação e refeição.

 

Também deixam a desejar quanto aos legítimos e justos anseios da categoria referenciados na Pauta de Reivindicações 2022 dos engenheiros da Telefônica/Vivo, que na visão do SEESP, devam nortear as negociações, tanto em relação aos pleitos de caráter econômico, quanto aos de caráter social.

 

Veja as premissas rejeitadas na primeira rodada de negociação:

 

ACT 2022/2024

  • Impacto no custo de pessoal: minimizar no exercício 2022.
  • Reajuste salarial: parcelado ou por faixa (não está previsto no orçamento inflação de dois dígitos).
  • VR\VA, auxílios e demais benefícios: correção em 2023.
  • Complemento do VR\VA: equalizar os percentuais e períodos para os afastamentos (auxílio-doença e acidentário) – regra única.
  • 13º salário: adiantamento conforme legislação.
  • Plano médico: discussão sobre coparticipação e renovação do aditivo da Lei 9.656/98.
  • Manutenção das demais condições e ajustes de algumas cláusulas devido às alterações de Leis e\ou Portarias.

Programa de Participação nos Resultados (PPR) 2022 e 2023

Quadro de Indicadores

  • 2022: a proposta será apresentada na próxima reunião.
  • 2023: negociação em 2023.

Target

  • 2022 e 2023: manutenção do target.

Antecipação do PPR (adiantamento)

  • 2022: será discutido nesta negociação.
  • 2023: negociação em 2023.

Em relação ao PPR 2022, o SEESP reiterou na mesa pleito formalizado anteriormente à Telefônica/Vivo de que a parcela de adiantamento seja paga ainda em julho de 2022, a exemplo de anos anteriores.

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 274 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda