GRCS

13/05/2021

Após intensa negociação, metalúrgicos da Ford aprovam Plano de Demissão

Agência Sindical

Trabalhadores da Ford de Camaçari, Bahia, aprovaram, em assembleia na quarta-feira (12/5), o Plano de Demissão Incentivada (PDI). A proposta foi finalizada após 33 reuniões entre o Sindicato dos Metalúrgicos da Região e a empresa. O acordo abrange cinco mil funcionários da montadora e também de 16 empresas parceiras.

Assembeia Ford 12Na quarta (12/5), assembeia dos metalúrgicos da Ford em Camaçari (BA) aprova negociação com empresa./ Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari

 

 

A indenização mínima será de R$ 130 mil a cada trabalhador. A média salarial na fábrica é de R$ 4 mil. As faixas salariais mais altas terão adicional de R$ 30 mil. Haverá também seis meses de plano de saúde e remuneração adicional para operacionais com restrição médica ocupacional. A Ford oferecerá um programa de qualificação aos trabalhadores e contratou empresa para cuidar da recolocação no mercado.

Segundo Aurino Pedreira, presidente da Federação dos Metalúrgicos da Bahia, o acordo passa a ser referência pra outras categorias, variando conforme cada segmento. “Foram quatro meses de difícil negociação, mas conquistamos um bom acordo para os funcionários”, declarou

Para Júlio Bonfim, presidente do sindicato da categoria, foi um acordo negociado com muita habilidade. “Diante do fechamento, partimos pra garantir o máximo aos companheiros. A exaustiva negociação chegou a bom termo”, diz.


O anuncio que a Ford sairia do Brasil aconteceu dia 11 de janeiro. Os sindicatos primeiro tentaram negociar a permanência da montadora, depois entraram em negociação para assegurar direitos e um acordo justo aos empregados.

Em abril, funcionários de Taubaté (SP) aceitaram proposta da empresa nos mesmos moldes de Camaçari (BA). Há dois anos, a Ford já havia fechado a unidade de São Bernardo (SP), que produzia caminhões e carros. Em Horizonte (CE), as atividades serão mantidas até o final do ano.

Mais informações no site dos Metalúrgicos de Camaçari.



Lido 83 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda