GRCS

05/01/2021

Entidades sindicais alertam sobre Conselho Deliberativo e migração do Plano da Cesp


Manifestação Pública

Laerte ilustra cespAs entidades Sindicais e Associativa que abaixo subscrevem este manifesto, vêm a público para se manifestar a respeito da vinculação dos seus nomes, mesmo sendo em forma de convite para discussão de quaisquer que sejam os assuntos vinculados à Vivest como o constante do BIA – Boletim Interno da AAFC nº 256/2020 de 10 de dezembro de 2020.


Esclarecemos aos nossos Associados e ao público em geral que não fomos convidados para a reunião realizada no dia 9 ali citada, e não recebemos qualquer convite documentado para futuras reuniões.


Depois de esgotadas as tratativas e negociações que foram levadas a público, que se deu através do Grupo de Trabalho – GT criado pela Vivest, nossa posição é de continuarmos na mesma linha de defesa dos participantes dos Planos.

Depois das árduas discussões, naquela ocasião, chegou-se a uma contraproposta à Vivest, que se revestia em aceitação da mudança de indexador para o BD – Benefício Definido e CV – Contribuição Variável, com compensações para o BSPS – Benefício Suplementar Proporcional Saldado, devido ao histórico de concessões e perdas assumidas pelos participantes, inclusive com entrega de 100% dos superávits às Patrocinadoras, seria o mínimo razoável para aceitar a troca de indexador.


Todavia, dentro de uma negociação a situação se revestia em uma contraproposta com possibilidade de evoluir e, mesmo assim, refutada. O pior é que na reunião de entrega dela documentada, participantes de entidades ainda criaram vários empecilhos para conturbar a via consensual.


A partir disto, continuamos nosso caminho em defesa dos participantes associados, atuando junto aos órgãos de controle, aliada a ajuda fundamental dos grupos de redes sociais. Estamos bastante avançados para atuar na esfera judicial.


Conforme o citado boletim, as entidades ali envolvidas se reuniram dia 09/12/2020 e criaram uma comissão especial para analisar e acompanhar os assuntos relacionados à Vivest e no dia seguinte (10/12/2020) aprovaram no Conselho Deliberativo da Vivest a migração do Plano da CESP, mesmo sendo público o clamor dos participantes pela sua rejeição, ato seguinte e logo na segunda feira (14/12/2020) vivemos o drama da dispensa de vários colegas desta mesma Patrocinadora.

Isto posto, qualquer pessoa, com um mínimo de saber, percebe que a verdadeira intenção está longe daquela proposta por parte de alguns dos representantes de assistidos e ativos que tem voto no Conselho Deliberativo da Vivest.

Entretanto, estamos abertos para futuras conversas, onde se leve em consideração o debate aberto com a categoria energética.

 

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica de Campinas (Sinergia CUT)


Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo  (SEESP)

Instituto Adecon


Lido 54 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda