GRCS

11/11/2020

Mulheres ocupam 12% das prefeituras e 13,5% dos cargos nas câmaras

Comunicação SEESP*

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) faz a campanha #VEMVoteEmMulheres, pela conscientização e engajamento da sociedade para o aumento da presença de mulheres nos espaços de discussão política e de tomada de decisões. Há poucos dias das eleições municipais, cuja votação será no próximo domingo (15/11), o órgão lembra que as mulheres ocupam 12% das prefeituras de todas as regiões do Brasil e 13,5% dos cargos nas câmaras municipais. Isso em um país que tem quase 52% da população feminina. Os dados são da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, referentes a 2016.

 

campanha diap mulheresDiap Divulgação



Uma boa notícia é que neste ano há um recorde de candidatas. No entanto, isso não signfica que elas serão mais votadas. Por isso, o Diap pede mais consciência aos eleitores sobre seus papéis como cidadãs e cidadãos para mudar esse cenário, observando que é necessário maior participação das mulheres em ambientes de decisão, de debates e de construção de políticas públicas.

Segundo o Mapa Mulheres na Política 2019, um relatório da Organização das Nações Unidas e da União Interparlamentar, o Brasil ocupa a posição 149, entre os 193 países pesquisados, no ranking de representatividade feminina no Parlamento.

 

Trabalho em casa

 

Em meio à pandemia de Covid-19, o home office tem sido uma rotina para todos, homens e mulheres. Porém, pesquisa revela que as mulheres continuam ainda sobrecarregadas com os afazeres domésticos, o que dificulta sua inserção na política e sua progressão em uma carreira profissional.

Debater o assunto e criar leis que provoquem uma mudança cultural no pensamento machista da sociedade só poderá ser alcançado com uma maior participação das mulheres e dos grupos subrepresentados nos espaços de poder.

Eleger prefeitas, vice-prefeitas e vereadoras pode representar o início de uma mudança de comportamento e de postura social necessárias para equidade de gênero e melhoria da qualidade da nossa sociedade.

Clique aqui e acesse o manifesto e materiais da campanha.


*Com informações do Diap




Lido 77 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda