GRCS

06/03/2017

Parceria para melhorar infraestrutura logística no Rio

Com o objetivo de desenvolver estudos e pesquisas na área de engenharia de transportes e melhorar a infraestrutura logística no Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Transportes local e a Universidade Estácio de Sá firmaram parceria. O Protocolo de Intenções prevê colaboração mútua em relação aos planos Estratégico de Logística e Cargas (Pelc 2045) e Diretor de Transportes Urbanos (PDTU) do estado.
 

Em meio à crise do Governo do Rio, o secretário de Transportes, Rodrigo Vieira, explica que o momento é de planejamento. Para ele, posteriormente, pode ser possível colocar em prática uma carteira de projetos voltados para mobilidade urbana. "O Pelc e o PDTU vão nos ajudar a traçar linhas de desenvolvimento futuro na infraestrutura do estado. A partir dessas linhas-mestras, será possível detalhar as potencialidades, a fim de atrair a iniciativa privada para, lado a lado com o estado, desenvolver soluções viáveis para o transporte de passageiros e de cargas, seja em formato de concessão ou parceria público-privada", diz. A ideia do convênio surgiu da necessidade de debater soluções para o enfrentamento da crise.

 

Outras parcerias
O convênio foi firmado com o curso de Economia da Estácio de Sá, por dois anos. Há vagas para participação de alunos de outras graduações. A intenção é identificar boas práticas e situações inovadoras que possam ser adaptadas e aplicadas no Rio para melhorar o sistema de mobilidade e logística. O reitor da universidade, Ronaldo Mota, demonstrou interesse em repetir a parceria em outras áreas. Na sua ótica, a instituição e a sociedade têm muito a ganhar. "A Estácio de Sá visa colaborar com o setor público e enriquecer seu conhecimento", valoriza ele.

 

Comunicação SEESP
Notícia publicada originalmente no DCI Online

 

 

 

 

 

Lido 732 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda