GRCS

22/11/2016

Uso dos mapas de produtividade no Brasil em debate

No próximo dia 1º de dezembro, às 16h, acontece mais um aula online sobre agricultura de precisão, desta vez com um evento especial: uma mesa-redonda composta pelos professores José Paulo Molin (Esalq/USP) e Paulo Graziano (Feagri/Unicamp), ao lado dos agrônomos Rodrigo Trevisan (coordenador de AP do grupo Vanguarda Agro) e Leonardo Menegatti (CEO da InCeres), que irão debater “O uso dos mapas de produtividade no Brasil”. Promovida pela InCeres - Sistemas para Agricultura de Precisão, a aula faz parte do programa de difusão de conhecimento “Agricultura de Precisão ao Alcance de Todos”.

Para participar, basta acessar o site da InCeres (www.inceres.com.br/webinars) e se inscrever; em seguida, os participantes recebem um e-mail com as ações necessárias para o dia do evento. Serão emitidos certificados.

Todos os meses, um novo assunto da Agricultura de Precisão é abordado por diferentes especialistas, de diversas instituições, dentro dos pilares de Agricultura de Precisão, Fertilidade do Solo, Nutrição de Plantas e Pragas e Doenças. São convidados a participar da aula online profissionais do agronegócio, estudantes e público em geral. Todos os webinars ficam disponíveis no site http://inceres.com.br/webinars/.

Para o professor Molin, “o uso dos mapas de produtividade deu início à agricultura de precisão no país, porém seu uso não se popularizou no mesmo ritmo que outras ferramentas para descrição da variabilidade de uma lavoura”.

Os prós e contras do uso da ferramenta no campo, além do debate sobre as razões que evitam a expansão do uso dos mapas de produtividade nas lavouras brasileiras, serão discutidos pelos profissionais no evento.

 

 

Comunicação SEESP
Informação da assessoria de imprensa do evento

 

 

 

 

 

 

 

Lido 1262 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda