GRCS

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 71

17/08/2016

João Bico, do PSDC, abre ciclo de debates 'A engenharia e a cidade'

O SEESP deu início à série de eventos que receberá, em sua sede na Capital, os candidatos à Prefeitura de São Paulo. O primeiro a participar, na terça-feira (16/8), do Ciclo de debates "A Engenharia e a cidade” foi o vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo, João Bico, que concorre pelo PSDC. “É muito importante a abertura deste debate, dado o atual momento político que vive o País”, iniciou o representante democrata-cristão, agradecendo ao sindicato e ressaltando que “as eleições deste ano são a oportunidade de utilizar o momento de dificuldade como uma alavanca para melhorias para o futuro”.


Foto: Beatriz Arruda/Comunicação SEESP
João Bico 2Ao microfone, o candidato discorreu sobre suas propostas para a cidade paulistana



Conforme informou à plateia, sua candidatura elaborou um plano com 27 propostas para a cidade, abordando seus diversos problemas. “Temos que ter vários remédios para as várias situações desta grande cidade que é São Paulo, e não apenas um”, afirmou.

Entre essas, ele destacou a utilização de Parcerias Público-Privadas (PPPs) como forma de financiar os investimentos necessários. "Nós podemos resolver muitos problemas na cidade com as PPPs. Não vejo outra solução para o País sair da crise de imediato se não também pelas parcerias."

Bico acredita ser possível ainda atrair investimentos da iniciativa privada, inclusive do exterior, a partir de 2017, "com a resolução da atual conjuntura política”.

O candidato defendeu também a criação de um modelo de subprefeitura “voltado ao desenvolvimento”, com apoio da população, empreendedores e empresários da região. “Uma subprefeitura que trabalhe em parceria com a prefeitura, e não com burocracia”, resumiu.
 
Família e Cracolândia
Outro projeto apresentado foi a criação da Secretaria Municipal da Família, cujo objetivo, segundo ele, seria prover assistência à estrutura familiar e manter as crianças fora do crime e livre das drogas.

Questionado sobre como resolver a situação dos 17 mil moradores de rua na Capital e sobre a região central conhecida como “Cracolândia”, ele defendeu abordagens múltiplas para resolver o problema e a realização de “um trabalho de inteligência, e não de truculência”.

Ele destacou ainda o projeto “Rumo ao Centro”, que propõe a revitalização do Centro de São Paulo, integrando transporte, segurança e mobilidade para atividades culturais e turísticas.

Ao final do debate, o presidente do SEESP, Murilo Pinheiro, entregou ao candidato a publicação "Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento – Cidades”, que traz sugestões da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) para os principais problemas que afligem os municípios brasileiros, como transporte e mobilidade, habitação e saneamento.

O Ciclo de debates do SEESP, para o qual foram convidados todos os candidatos às eleições 2016 em São Paulo, acontece até o final de setembro. A atividade é aberta ao público.


Jéssica Silva
Comunicação SEESP




Lido 1907 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda