GRCS

25/02/2016

Pós-doutorado em Engenharia de Transportes na USP São Carlos

O Grupo de Planejamento de Transportes do Departamento de Engenharia de Transportes da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP/São Carlos) oferece uma oportunidade de bolsa de pós-doutorado na área de Engenharia de Transportes. O prazo de inscrição encerra em 29 de fevereiro. O bolsista integrará a equipe de pesquisa do Projeto Temático da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp): Desenho e Implantação de Políticas para incentivo a viagens não motorizadas.

O projeto de pesquisa envolve colaboração entre pesquisadores das universidades de São Paulo, Utrecht e Oxford e a análise das estratégias de planejamento adotadas nas cidades de São Carlos e São Paulo (SP), Groningen, Amsterdam e Houten (Holanda) e Londres (Inglaterra), no que se refere ao lado "hardware" dos modos de transporte (ciclovias, paraciclos) e "software" (políticas, práticas e apoio governamental), identificando formas bem-sucedidas para estimular o uso da bicicleta.

Mais especificamente, o projeto tentará: a) Medir em São Paulo a exposição ao ruído e níveis de estresse de ciclistas e b) Investigar o papel da perspectiva do usuário nas estratégias de planejamento adotadas pelos municípios estudados.

O candidato selecionado conduzirá revisão bibliográfica, coleta de dados e análise de dados para as atividades principais da pesquisa. A investigação acerca das estratégias de planejamento será realizada com base em observação e consulta às prefeituras e outros grupos envolvidos no planejamento da mobilidade nos municípios.

Entrevistas estruturadas e/ou grupos focais serão agendados com as partes interessadas. Um sensor móvel, espacialmente referenciado, será usado para medir a exposição ao ruído. Os níveis de estresse de ciclistas serão medidos por sensores que identificam funções corporais como indicadores de estresse.

Adicionalmente, o candidato selecionado será responsável pela preparação de workshops para garantir o envolvimento das partes interessadas e aumentar a disseminação da pesquisa.

Os candidatos devem ter concluído o doutorado em Engenharia de Transportes, ou área relacionada, e ter experiência em planejamento de transporte cicloviário. Exige-se dedicação integral às atividades do projeto. Outras exigências também se aplicam, conforme normas da Fapesp em http://fapesp.br/bolsas/pd.

Os interessados deverão encaminhar duas cartas de recomendação, uma carta de interesse e currículo, incluindo detalhes de pesquisas já realizadas, em um único arquivo para o e-mail do pesquisador responsável pelo temático, Antônio Nélson Rodrigues da Silva (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Mais informações podem ser obtidas por meio de consulta ao pesquisador responsável (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) ou a Gustavo Garcia Manzato (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

O selecionado receberá bolsa da Fapesp no valor de R$ 6.143,40 mensais e Reserva Técnica, que equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. 

 

Fonte: Agência Fapesp

 

 

 

 

 

 

Lido 1657 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda