Logos

GRCS

Editorial – Os desafios de mais um ano-novo

Avalie este item
(1 Votar)

Ao se aproximar o final de mais um ano de trabalho e lutas e o início de um novo período, é sempre tempo de se refletir sobre o que foi realizado e os desafios que se apresentam pela frente. Tal balanço, para o SEESP, é, sem sombra de dúvidas, muito positivo. O nosso sindicato manteve em 2013 a sua rota de crescimento e fortalecimento e prepara-se para em 2014 festejar os seus 80 anos de história a todo vapor. Cumprindo uma agenda repleta, o SEESP garantiu vitórias importantes. Entre elas, os bons resultados nas campanhas salariais, que asseguraram ganhos reais à categoria em várias empresas, com o total de aumento chegando em média a 8%, ante a inflação de 5,37%, considerando-se a data-base em 1º de maio, que concentra a maior parte das negociações.

Além dos ganhos alcançados, também foi favorável a maior capacidade de organização conquistada, por exemplo, na Prefeitura Municipal de São Paulo, em que os profissionais estão mobilizados e lutando pelo reconhecimento devido pela administração. Esse impulso certamente trará frutos para os engenheiros de várias outras cidades.

No campo sindical, a entidade participou ainda do Dia Nacional de Lutas ocorrido em julho e defendeu, unida a toda a classe trabalhadora brasileira, as bandeiras que consideramos essenciais. Entre elas, a redução da jornada de trabalho, a luta contra a terceirização, o fim da demissão imotivada e do fator previdenciário, a reforma agrária, a melhoria do transporte, da educação e da saúde.

Filiado à Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) e à Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU), o SEESP atuou sempre em parceria com essas entidades, contribuindo para o fortalecimento do conjunto dos sindicatos e categorias representadas. Nessa proposta de mobilização nacional, colocamos em pauta os temas do desenvolvimento nacional, do bem-estar da população e da valorização profissional.

Conquista que marcou o ano para o sindicado e os engenheiros foi o credenciamento do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) pelo Ministério da Educação (MEC), conforme publicação no Diário Oficial da União em 4 de novembro. Projeto ousado e de fôlego, a instituição de ensino superior criada pelo SEESP está agora autorizada a oferecer a graduação em engenharia de inovação, curso que pretende ser uma referência de qualidade na nossa área e deve ter início no segundo semestre de 2014. No primeiro, o Isitec já começa a todo vapor com o programa de educação continuada, voltado à construção sustentável e gestão de negócios.

Todo esse balanço positivo aponta para a necessidade e a capacidade do SEESP de realizar ainda mais em 2014. Com toda a vitalidade e os olhos permanentemente na construção de uma entidade forte e digna de representar uma categoria da importância dos engenheiros, o sindicato, que se torna octogenário no próximo ano, terá certamente muitos desafios a vencer. Unidos, superaremos a todos eles e teremos muitas vitórias.


Eng. Murilo Celso de Campos Pinheiro
Presidente

Mais nesta categoria: « Opinião – Manter a unidade

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp