GRCS

26/05/2015

Engenheiros da PMSP têm assembleia nesta quarta no SEESP

Os engenheiros da Prefeitura Municipal de São Paulo (PMSP) se reúnem em Assembleia Geral Extraordinária, na quarta-feira (27/5), às 11h (2ª convocação), para analisar o andamento do processo de negociação com o município sobre o projeto de lei (PL) de carreira própria de engenheiros e arquitetos.


Foto: Imprensa SEESP
assembleia PMSP marco 2015
Assembleia de engenheiros em março deste ano


Também serão discutidas as propostas feitas pelo Executivo até o momento, bem como encaminhamentos da campanha salarial como atos, mobilizações e eventual movimento de greve geral da categoria.

Proposta do Executivo
Em reunião de negociação realizada na sexta-feira (22/5) o Executivo apresentou uma nova tabela de remunerações para engenheiros e arquitetos municipais na forma de subsídio. Na ocasião, os representantes municipais informaram que o Projeto de Lei da carreira própria desses profissionais só seria encaminhado à Câmara após a assinatura de um protocolo de entendimento com as entidades representativas dos servidores.

O SEESP, embora reconheça avanços na proposta financeira apresentada, afirmou que qualquer medida nesse sentido seria deliberada em assembleia da categoria, esclarecendo, sobretudo, que o pleito de campanha dos engenheiros, anteriormente aprovado, era o de remuneração por vencimentos e contra os subsídios. Todavia, o Executivo, por meio de seus representantes, reafirmou e manteve a sua proposta de subsídio. Também foi enfatizada a necessidade de uma melhor definição, na proposta do governo, sobre a migração dos não optantes (QPDU) e sua abrangência sobre aposentados e pensionistas, os quais têm de ser tratados com respeito e justiça. O sindicato ainda aguarda a apresentação da minuta do PL contendo suas regras e as soluções para essas e outras questões, o que ficou prometido para a segunda-feira (25). Essa documentação é necessária para que se possa analisar e deliberar em assembleia sobre a proposta da Prefeitura.

União
A união e determinação na luta garantiu os avanços até aqui verificados. Fruto de um trabalho árduo e solidário, os servidores conquistaram um PL de carreira própria, o piso equivalente a 8,5 salários mínimos e reposição de perdas para a maior parcela da categoria, o que nos obrigou a atuar firmemente para ampliar a sua abrangência, sobremaneira nas faixas em final de carreira.

O SEESP tem recebido muitas manifestações pela aprovação da tabela proposta e aceitação do subsídio, sobretudo do pessoal em início de carreira e mais beneficiado por ela. Nesse sentido, é preciso que todos compareçam na assembleia desta quarta para contribuir com o debate e a deliberação das soluções de forma coesa e solidária. "Vamos democraticamente debater a proposta alcançada e deliberar com serenidade sobre ela e eventuais encaminhamentos que daremos à negociação", ressalta Carlos Hanickel, assessor do SEESP.

Diante de uma convocação de engenheiros ilegítima de outro sindicato, que fere a autonomia do SEESP, cabe esclarecer em nota abaixo o posicionamento da entidade.

Nota de esclarecimento
Estranhamente, o Sindsep está “convocando” uma plenária de arquitetos e engenheiros no dia de nossa assembleia. Cabe ressaltar que o representante legal dos engenheiros no Estado de São Paulo é o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP). E mais, é o legítimo representante desses servidores nas negociações, lembrando que se dependesse do Sindsep, os engenheiros e arquitetos hoje estariam dentro da Lei 16.119/15, que até hoje suscita críticas de categorias não ouvidas e prejudicadas irreparavelmente por suas características de atuação. Portanto, companheiros, fiquem atentos a manobras de quem nunca os representou e agora age para destruir um conceito de coletivo que ainda vai nos proporcionar muitas conquistas. Lembrem-se, as perdas que sofremos foram resultado de atuações nefastas ou omissões ao longo do tempo.

Serviço:

Assembleia Geral Extraordinária
Data: 27 de maio de 2015 (quarta-feira)

Horário: 10h30 (1ª convocação) e 11h (2ª convocação)
Local: Auditório da Sede do SEESP
(Rua Genebra, 25, 1º andar, Bela Vista – São Paulo/SP)

Pauta:

- Análise do andamento do processo de Engenheiros deliberam sobre proposta da PMSP
- Discussão e deliberação sobre as propostas do Executivo;
- Debate e deliberação sobre os encaminhamentos que daremos à campanha salarial, atos, mobilizações e eventual movimento de greve geral da categoria.


Imprensa SEESP





Lido 3416 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Oportunidades Plataforma 29 04 1

VAGAS DE ESTÁGIO DE ENGENHARIA

agenda