GRCS

31/03/2010

Trecho sul do Rodoanel terá primeiro teste

        O feriado da Semana Santa será o primeiro teste do trecho sul do Rodoanel de São Paulo, que será aberto ao tráfego às 6h de amanhã. A expectativa do governo do Estado é que até 50 mil veículos passem pela nova via somente nesta quinta-feira.
        Como nem todas as obras estão prontas, o motorista pode encontrar areia na pista, acessos incompletos e pouca iluminação ao longo dos 61,4 km da estrada, que liga a rodovia Régis Bittencourt (BR-116) ao sistema Anchieta-Imigrantes.
        Outra dificuldade é a falta de locais para abastecer, já que não há postos de combustível no trecho inaugurado.
        O trecho sul, obra de R$ 5 bilhões, foi inaugurado ontem pelo governador José Serra (PSDB) com centenas de operários ainda trabalhando.
        O governo espera que amanhã haja uma sensível melhora no tráfego na marginal Pinheiros e na avenida dos Bandeirantes, principal rota de caminhões para o porto de Santos.
        Em contrapartida, a abertura da parte sul vai levar 20% mais veículos ao trecho oeste, que liga o sistema Anhanguera-Bandeirantes à Régis Bittencourt. O trecho já recebe 200 mil veículos por dia.
       A abertura do trecho estava prevista para ainda hoje, mas o governo voltou atrás depois de uma consulta à Polícia Rodoviária, que havia manifestado preocupação com a segurança na via. Ainda ontem, por exemplo, os operários concluíam a sinalização de solo.
       Outro problema está na cobertura de grama ao longo das pistas -sem ela, a areia era levada ao asfalto pela chuva.
        O secretário dos Transportes, Mauro Arce, atribuiu o problema à falta de grama no mercado. "Temos de fazer uma varredura e retirar animais da pista. No domingo tinha muito cavalo, cachorro", disse Arce.
        Apesar do atraso, para o secretário, autorizar a passagens de veículos foi uma decisão correta. "Se você tem uma obra de R$ 5 bilhões, faltam só dez reais e não abre, estaria indo contra tudo o que a economia indica."
       Além da areia, o usuário deve tomar mais cuidado por se tratar de uma estrada nova, que pode distrair o motorista com as paisagens, diz o coronel Eliziário Barbosa, comandante-geral da Polícia Rodoviária.
        O prefeito de Santos, João Paulo Papa (PMDB), afirma que só espera resultados positivos com o novo trecho do Rodoanel, incluindo um crescimento no número de turistas vindos do interior da Baixada Santista

 

www.fne.org.br

 

 

 

 

Lido 2083 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda