Logos

GRCS

26/01/2010

Trabalhadores abrem FSM 2010

Presença das Centrais sindicais brasileiras, com alas e bandeiras em defesa da redução da jornada de trabalho, foi destaque na Marcha de Abertura em Porto Alegre

       Cerca de 30 mil pessoas percorreram as avenidas Borges de Medeiros, Aureliano Pinto de Figueiredo e Beira Rio, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, durante a Marcha de Abertura do Fórum Social Mundial 10 Anos que se realiza na região metropolitana mas jã registra atividades em 27 municípios do Estado.
       Parte da visibilidade da marcha se deveu 'a grande presença do movimento sindical, uma vez que as seis centrais sindicais brasileiras - CUT, CTB, FS, NCST, CGTB e UGT - se mobilizaram para promover em Porto Alegre uma ampla defesa da redução da jornada semanal de 44 para 40 horas semanais.
       As centrais também realizam debates no FSM sobre como combater as práticas antissindicais que são graves e corriqueiras no Brasil, tais como perseguição, assassinatos e intervenção do Ministério Público com interditos proibitórios.
       Além das Centrais, diversas entidades sindicais participam com suas delegações da extensa programação que marca a edição deste ano, a exemplo da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE)

 

 

Lido 1719 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda