GRCS

11/12/2009

UFSCar inicia construção de centro de pesquisa em petróleo

       A Petrobras informou que os investimentos em São Carlos fazem parte de um projeto lançado em 2006 de parcerias entre a estatal e 71 instituições de ensino. Segundo a Petrobras, os valores aplicados nas parcerias chegam a R$ 1,8 bilhão
       A UFSCar lançou ontem (10) a pedra fundamental do Centro de Pesquisas em Processos e Materiais Avançados para a Indústria de Petróleo e Energia. O Centro será construído na área Norte do campus São Carlos da Universidade, a partir de uma parceria com a Petrobras.
       Em São Carlos, a Petrobras investirá cerca de R$ 100 milhões para a implantação de centros de pesquisa nos campi da UFSCar e da USP. Nesta etapa inicial, a UFSCar receberá R$ 15,5 milhões para a construção do Centro. Serão 3,6 mil metros quadrados de área coberta, com laboratórios e unidades de apoio. Além dos recursos para a construção, outros investimentos da Petrobras serão feitos nas pesquisas que serão desenvolvidas no local.
       A cerimônia de lançamento ocorreu no Anfiteatro Bento Prado Júnior, com presença de autoridades municipais de São Carlos, da UFSCar e de representantes da Petrobras. Carlos Tadeu Costa Fraga, Gerente Executivo do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento "Leopoldo Américo Miguez de Mello" (Cenpes-Petrobras), foi convidado para a palestra "O aumento da produção de petróleo no Brasil, o pré-sal e os desafios tecnológicos para universidades e centros de pesquisa". Após aabertura, os participantes se dirigiram ao local da construção do Centro, na área Norte do campus da UFSCar, próximo à Unidade Saúde-Escola (USE).
       De acordo com o professor Ernesto Antonio Urquieta-González, coordenador do projeto e diretor do Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia da UFSCar, o centro de pesquisas terá oito laboratórios para estudos de materiais e processos da indústria do petróleo. Ele afirmou que a unidade deve ficar pronta em um ano.
       A Petrobras informou que os investimentos em São Carlos fazem parte de um projeto lançado em 2006 de parcerias entre a estatal e 71 instituições de ensino. Segundo a Petrobras, os valores aplicados nas parcerias chegam a R$ 1,8 bilhão.

(Fontes: UFSCar e Folha de S. Paulo)

 

FNE – Federação Nacional dos Engenheiros
11/12/2009
http://www.fne.org.br

 

 

 

Lido 2303 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda