GRCS

28/11/2013

Engenheiros e arquitetos da Prefeitura de São Paulo em greve

Com a presença massiva dos profissionais na assembleia realizada, na terça-feira (26/11), na sede do SEESP, os engenheiros e arquitetos da Prefeitura Municipal de São Paulo referendaram, por unanimidade, a paralisação de advertência por um dia, a partir da 0h, do dia 27 de novembro de 2013. O objetivo do movimento é avançar nas negociações salariais das categorias de forma clara e sem impor prejuízo aos servidores, que estão desde 2007 sem qualquer reposição de perdas, as quais alcançam mais de 40%.


Imprensa - SEESP






Lido 3330 vezes

Comentários   

# Isonomia para todos os Engenheirostania regina bertoll 18-12-2013 11:50
O nosso sindicato tem que exigir que os engenheiros tenham o salário mínimo da categoria no Estado, na Prefeitura, porque ninguém mais quer trabalhar de graça. Com o mercado aquecido o Estado e a Prefeitura já tem poucos e não terão mais esses profissionais e as obras vão continuar caindo !!!!!
# sem moleza!Emilio de Souza Lima 16-12-2013 09:41
Agora é a hora de juntar as forças e pressionar aquele que tem o poder de elevar o piso salarial desta categoria que é vital para a segurança dos munícipes.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Oportunidades Plataforma 29 04 1

VAGAS DE ESTÁGIO DE ENGENHARIA

agenda