Logos

GRCS

05/06/2019

Pré-estreia do filme “Relatos do Front” acontece dia 12 no SEESP

Avalie este item
(1 Votar)

Comunicação SEESP*

 

O SEESP, em conjunto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU), sedia em seu auditório na próxima quarta-feira, 12/6, às 19h, a pré-estreia do documentário “Relatos do Front – fragmentos de uma tragédia brasileira”. Após a exibição do filme, será realizado um bate-papo com o diretor Renato Martins. A atividade é gratuita. Para adquirir o ingresso, clique aqui.

 

O filme, que estreia no dia 20, é um documentário sobre segurança pública no Brasil, especificamente no Rio de Janeiro, que aborda os dois lados dessa “guerra civil” na qual vivem aqueles que participam das rotinas de combate entre o tráfico e a polícia. A partir de relatos de policiais e ex-criminosos, costurados com depoimentos de familiares de vítimas e especialistas, o diretor apresenta um cenário de violência urbana e problemas sociais, causados pela ineficiência das políticas públicas.

 

De acordo com o Atlas da Violência do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o número de homicídios no Brasil em 2016 foi de mais de 62,5 mil, registrando aumento de 25,8% em relação a 2006. O filme levanta um debate sobre as estatísticas, os laços com a escravidão e o custo social e financeiro dessa política de segurança pública, sempre marcada pelo confronto.

 

Relatos do Front pretende mostrar como a repetição das políticas de segurança pública e o modelo vigente de investimento em armamento e não em treinamento e inteligência mostraram-se ineficazes, além de questionar também a “pacificação”, que já foi testada por outros governos sem resultados efetivos. A sociedade, em constante pânico com a crise na segurança, pressiona o governo, o que acaba desencadeando ações policiais pirotécnicas retratadas pela mídia, que dão uma falsa impressão de que o estado vence a “guerra” contra o crime.

 

“É fundamental pararmos para discutir com maturidade, sem ódios ou vinganças, o problema que enfrentamos na segurança pública do país. Pois ele está diretamente ligado ao nosso passado escravocrata, de genocídio da população indígena e negra e de políticas públicas equivocadas que nos levaram às desigualdades sociais. Acredito que o momento seja de perdão e resgate, para decidirmos conjuntamente enquanto sociedade, como queremos viver os próximos 30 anos”, diz o diretor Renato Martins.

 

O filme oferece respostas a algumas perguntas fundamentais sobre a segurança pública. Ao humanizar personagens que só são conhecidos pelas manchetes dos jornais, exibe uma inteligência crítica e atualizada da questão mais importante e sensível do Brasil hoje. E apresenta depoimentos de um policial civil e de um ex-traficante que, apesar de estarem de lados opostos desta “guerra”, concordam que a segurança está sendo administrada da pior maneira possível pelos políticos eleitos, com cada vez mais mortes de ambos os lados.

 

Com participação na Mostra Internacional de Cinema de SP 2018, no Festival do Rio 2018 (Première Brasil) e no CPH:DOX – Copenhagen 2019 (F: ACT AWARDS), o longa também foi selecionado para o festival Docs Barcelona 2018 na categoria Latim Pitch. Relatos do Front é uma produção Jacqueline Filmes, em coprodução com Globo News, Globo Filmes, Canal Brasil, Film Pro e Syndrome Films, com distribuição da ArtHouse.

 

Sinopse

Através de relatos das pessoas que vivem ou viveram a rotina de combate entre tráfico de drogas e polícia, misturado com os relatos de especialistas em segurança pública, psicólogos, escritores e jornalistas, queremos apresentar para o público os dois lados de uma mesma tragédia. Sem tomar partido para nenhum dos lados, trazendo o expectador para uma reflexão sobre nossa política atual de segurança pública e suas consequências na vida da população.

 

Assista o trailer:

 

 

 

Ficha técnica

Direção: Renato Martins
Roteiro: Gabriel Pardal, Renato Martins, Sergio Barata
Argumento: Renato Martins, Sergio Barata
Produção: Jacqueline Filmes
Coprodução: Globo News, Globo Filmes, Canal Brasil, Filmpro e Syndrome Films
Coprodutores: Daniel Van Hoogstraten, Valentina Scanziani
Produção executiva: Leticia de Souza, Matilde Villela, Renato Martins
Produtores associados: Fernanda Tornaghi, Marcello Maia, Pedro Peregrino, Rafael Dragaud
Direção de fotografia: Manuel Aguas
Fotografia do front: Jadson Marques
Edição: Pedro Asbeg, EDT.
Som direto: Marcel Costa
Trilha Original: Roberto Pollo
Desenho de som: Waldir Xavier
Edição de som: Fernando Aranha
Edição de som e mixagem: Bernardo Adeodato
Direção de produção: Lili de Paula, Paulão Costa
Pesquisa: Cecilia Oliveira, Eduardo Biaia, Natasha Neri, Patricia Pamplona
Fotografia aérea: Pedro Von Kruger
Câmeras: Alberto Bellezia, Eduardo Br, J.Vitorino
Ano: 2018
Duração: 100 min
Classificação indicativa: 12 anos

 

Sobre o diretor
Renato Martins é diretor, montador e produtor, formado em comunicação social. Foi sócio da produtora Urca Filmes e em 2012 abriu a produtora independente, Jacqueline Filmes. Renato é diretor de dois longas-metragens premiados no Brasil e exterior; “Geraldinos” e “Carta para o Futuro”, e de três curtas também premiados. Entre seus principais trabalhos como montador, estão os filmes: “Tropa de Elite 2”, “Até que a sorte nos separe 2 e 3”, “Democracia em Preto e Branco”, “O Concurso”, “Os Desafinados”, “Quanto tempo o tempo tem”, entre outros. Atualmente trabalha no desenvolvimento do seu primeiro longa de ficção, “Caldo de Cana”, e no lançamento do seu terceiro longa documentário “Relatos do Front”.

 

 

 

*Com informações de Jacqueline Filmes.

 

 

 

 

 

 

Lido 308 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp