Logos

GRCS

25/04/2019

Turma inaugural de voluntários do Núcleo Jovem Engenheiro toma posse dia 30 de abril

Rosângela Ribeiro Gil

Oportunidades na Engenharia
Atualização às 09h30, do dia 26/04/2019

 

600 Voluntários NJE 4.jpg editarGrupo participou ativamente do processo seletivo no dia 13 de abril. Foto: Núcleo Jovem Engenheiro.

Os engenheiros paulistas inovam mais uma vez em prol da valorização da profissão. Acontece, no dia 30 de abril próximo, a posse oficial da primeira turma do Programa Voluntários do Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP durante a reunião da Diretoria Plena da entidade, em sua sede, na capital paulista. Formado por estudantes e recém-formados em Engenharia, o projeto pretende atuar em diversas frentes e travar um debate, como salienta a coordenadora do núcleo, a engenheira ambiental Marcellie Dessimoni, que deve começar já na faculdade. “Precisamos aprender, além da parte técnica pertinente à área, quais são os nossos direitos e deveres como profissionais fundamentais ao desenvolvimento de um País”, exorta.

 

Todo o processo seguiu ritos formais, com lançamento de edital, período de inscrição e processo seletivo. Ao todo foram 29 inscritos; desses, 16 passaram na seleção realizada em 13 de abril último. Na ocasião, foi feita uma entrevista coletiva, seguida de uma dinâmica de grupo a partir de um desafio proposto.

 

A primeira etapa, explica a gestora de pessoas do SEESP Alexandra Justo, avaliou a apresentação, comunicação, interesse pela Engenharia e pelo núcleo, e observado ainda o autoconhecimento. “Já na dinâmica de grupo foram avaliadas as competências: compreensão da atividade, projeto proposto, liderança, comunicação, criatividade, comprometimento, negociação e o resultado do projeto”, relaciona.

 

Engenharia social e na prática

A coordenadora do Núcleo Jovem comemora o processo: “Reunimos estudantes interessados em contribuir com ações voltadas à valorização profissional.” Ela prossegue: “São futuros engenheiros já preocupados em garantir o protagonismo da área em suas diversas atuações, seja na atividade privada ou pública, tendo como foco primordial a sustentabilidade e o social. Pessoas que não visam apenas o lucro, mas veem a profissão como uma maneira de promover o bem-estar de todos.”

 

Outro ponto destacado por ela é que o grupo selecionado conseguiu equilibrar a participação de gênero. A idade dos classificados está entre 25 e 33 anos, e as modalidades contempladas são, principalmente, Civil, Mecânica, Elétrica e de Produção. “Tivemos candidatos de diversas regiões da Capital e de outras cidades, como Santos, Osasco, Bertioga, Ferraz de Vasconcelos, Praia Grande, Guarulhos”, observa a coordenadora.

 

A coordenadora informa que os trabalhos serão realizados em reuniões presenciais e online, onde serão discutidas diversas ações, entre essas: divulgação das atividades do núcleo; qualificação (cursos, palestras, visitas) para estudantes e recém-formados; projetos sociais na área da engenharia; e organização do I Encontro Paulista de Jovens Engenheiros.

 

Todas essas atividades, prossegue ela, exigirão planejamento, organização e a fase da execução. “Ou seja, vamos treinar o que é a engenharia na prática. Colocar na realidade os ensinamentos do curso.”

 

Classificados

Entre os requisitos para participar do programa estavam ser estudante de engenharia a partir do 3º semestre em 2019 ou engenheiro recém-formado (até três anos); estar associado ao SEESP e em dia com sua anuidade; e ter disponibilidade para viagens. Confira os nomes dos selecionados: Bruno Lucas Matheus Marcelino; Bruno Machado dos Santos; Elisabeth Silva Pereira; Jéssica Trindade Passos; Leidiaane Rodrigues Costa; Lucas Gabriel Batista Alves; Maria Paula de Nicola Arieta; Matheus Sales Sampaio; Mayrah Felix Moraes; Paulo Raphael Pessoa de Mello; Pedro Daniel de Souza Matias; Rogério Magela; Tamires Pinheiro da Silva; Thamires da Silva Morgado; Thiago de França Benguella; e Ygor Henrique Siqueira Marinho.

 

Os aprovados atuarão no biênio 2019-2020, na qualidade de colaboradores, sem qualquer tipo de remuneração ou vínculo empregatício com o SEESP, apenas com ajuda de custo quando necessário.

 

Os voluntários

Bruno Lucas editada 2Bruno Lucas Matheus Marcelino tem 24 anos, é de Guarulhos e está cursando Engenharia Civil. Marcelino acredita que o novo trabalho possa render bons frutos para os estudantes e para a categoria de uma maneira geral. “Acho que a felicidade que eu tive na hora e que tenho agora que escrevo é diferente, pois só de saber que posso fazer diferença na engenharia mesmo que seja um mínimo possível através do sindicato já me deixa feliz. Fora todas a experiência que vamos ter nesse dois anos. Será algo que irei levar para o futuro. Espero que eu e o grupo consigamos fazer a diferença nesse curto tempo que teremos juntos.”

 

 

Bruno Machado editadoBruno Machado dos Santos, aos 25 anos, já é formado em Engenharia Mecânica e vem de Bertioga (SP). Santos está empolgado com o trabalho que será desenvolvido no núcleo. “É com imenso prazer que venho fazer parte do Núcleo Jovem Engenheiro, ajudando da melhor forma com meus conhecimentos e vivências além da oportunidade de adquirir novos saberes, fazer novos companheiros de trabalho e até mesmo para a vida. É uma oportunidade que nós, jovens engenheiros, teremos de começar a vivenciar o mundo prático da engenharia, desenvolvendo todos objetivos do núcleo com empenho e dedicação com a finalidade do sucesso.”

 

 

Elisabeth Pereira editadaElisabeth Silva Pereira tem 33 anos e cursa Engenharia Civil. Ela se define como uma pessoa idealista. E também está muito feliz em compor o grupo de voluntários do Núcleo Jovem do SEESP. “Fiquei muito feliz em participar do processo seletivo. Acredito que fazer parte do Programa Voluntário do Núcleo Jovem Engenheiro seja uma das experiências mais interessantes que terei pela frente. Toda a equipe da SEESP é super engajada, é muito bom saber que existe um lugar assim para a classe dos engenheiros!"

 

 

 

Jessica Trindade editadaJéssica Trindade Passos tem 24 anos, já é formada em Engenharia Mecânica.Ela está entusiasmada com o trabalho que se inicia: "Participar da equipe de coordenação do Núcleo Jovem Engenheiro é uma forma de contribuir com o sindicato da minha categoria e agregar conhecimentos para a minha vida pessoal e profissional, venho participando do núcleo desde o início e conheço a sua importância e quanto faz diferença na sociedade."

 

 

 

 

Leidiaane Costa editadaLeidiaane Rodrigues Costa tem 22 anos de idade e é cearense, e está fazendo Engenharia Civil. Ela começou cedo sua atuação social. Formada técnica em agropecuária, Costa desenvolveu trabalhos em assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) na zona rural do Ceará. Hoje, reside na região central de São Paulo. Ela está animada com o trabalho que se inicia no SEESP: “Vejo mais um passo sendo dado em minha caminhada. Ter sido selecionada foi a certeza que estou no caminho certo. Faltam palavras para descrever tamanho sentimento. Ser uma integrante do primeiro programa de voluntários do Núcleo Jovem Engenheiro será uma experiência única, pois através das trocas de conhecimentos iremos adquirir uma bagagem que carregaremos para o resto de nossa vida, seja ela profissional ou pessoal.” 

 

 

Lucas Gabriel editadaLucas Gabriel Batista Alves tem 31 anos e já é formado em Engenharia de Produção. Como os demais participantes, Alves vê a experiência como um desafio. “Estou extremamente empolgado por fazer parte do projeto piloto que visa, de certa forma, trazer pensamento mais moderno ao que já existe hoje. É interessante essa iniciativa que tentar unir a experiência de quem já está (no mercado) com a forma de pensar de quem está chegando.”

 

 

Paula Nicola editadaMaria Paula de Nicola Arieta, ou simplesmente Paula Nicola, tem 27 anos, é de Bertioga, litoral norte paulista. Ela estuda Engenharia Civil e se sentiu “lisonjeada em poder fazer parte do grupo, poder contribuir com a sociedade, seja no âmbito da engenharia e da coletividade. Agradeço a oportunidade e vamos juntos desenvolver ações em prol de uma Engenharia inovadora, criativa e humanitária!”.

 

 

 

Matheus Sampaio editadaMatheus Sales Sampaio tem 22 anos e faz Engenharia Civil. “Minha expectativa em compor a equipe de voluntários é contribuir com a elaboração de soluções de problemas, agregar ideias e buscar novos desafios no mercado de trabalho, visando o desenvolvimento da minha carreira e gerando resultados para possibilitar crescimento qualitativo e quantitativo para os envolvidos.”

 

 

 

Mayrah Moraes editadaMayrah Felix Moraes tem 30 anos e está fazendo Engenharia Elétrica e mora em Ferraz de Vasconcelos. Ela acredita que pode ajudar na construção ainda mais ativa do Núcleo Jovem Engenheiro. "Espero com essa oportunidade de participar do Núcleo Jovem Engenheiro conhecer e ter a possibilidade de fazer parte da solução dos problemas das nossas cidades. Os desafios são muitos, mas juntos somos todos a potência para vencê-los!“

 

 

 

Paulo Raphael editadaPaulo Raphael Pessoa de Mello tem 32 anos e está fazendo o curso de Engenharia de Produção. O estudante acredita que o grupo pode fazer a diferença nas grandes discussões da engenharia, neste momento, no País. “Participar de um projeto com esse objetivo e promovido por um sindicato é extremamente empolgante e muito desafiador. Esse núcleo terá uma grande responsabilidade em propor soluções para os diversos problemas que temos em nossa sociedade, e lutar pela valorização dos engenheiros. E trazer jovens engenheiros e estudantes com o intuito de discutir e debater sobre os mais variados temas é a maneira ideal de se encontrar alternativas exequíveis.”

 

 

 

Pedro Daniel editadaPedro Daniel de Souza Matias é morador de Praia Grande (SP), tem 23 anos e faz Engenharia Civil. “Muito feliz e gratificante pode fazer parte desse projeto, que visa a inovação da engenharia na sociedade com uma participação dos mais jovens, assim possibilitando uma troca de conteúdo e agregando na vida daqueles q participam, e desenvolvendo melhores condições para a sociedade e para a categoria dos engenheiros.”

 

 

 

Rogerio Magela editadaRogério Magela tem 28 anos, mora em Osasco e cursa Engenharia Civil. Ele nos conta um pouco sobre a experiência de integrar o novo grupo: “Primeiramente agradeço a Deus, meus pais, amigos e professores que me incentivaram quando comentei em fazer este processo seletivo. Ao finalizar o dia do processo e saber que o resultado seria em sete dias, foi uma semana que um minuto parecia uma hora, e na tarde daquele dia onde recebi o e-mail falando que tinha sido aprovado foi magnífico, fiquei muito feliz.”

 

 

 

Tamires Pinheiro editadaTamires Pinheiro da Silva, aos 27 anos, está se graduando em Engenharia Civil. Seus pais, como gosta de dizer, são do Nordeste. Ela se inscreveu como voluntária no Núcleo Jovem Engenheiro com o intuito de "contribuir em projeto para ajudar a população carente a ter condições dignas de moradia. As mesmas condições que os seus pais não tiveram no passado, mas que ainda é a realidade de muitas famílias".

 

 

 

Thamires Morgado editadaThamires da Silva Morgado tem 21 anos e faz o curso de Engenharia Civil. Ela se inscreveu no processo porque quer crescer com experiências novas. “Sempre tive ambição de participar de um projeto na área de Engenharia Civil. Quando descobri que havia sido selecionada para o Núcleo Jovem Aprendiz fiquei muito feliz. Primeiramente por fazer parte do primeiro grupo formado pelo núcleo, e segundo, por saber que toda paixão que eu tenho pela engenharia e todo o conhecimento que eu tenho para somar ,possa ser compartilhado, visando a melhoria da nossa categoria e mostrando que a nova geração de engenheiros tem a capacidade de mudar o nosso país e que temos muito a acrescentar à sociedade.”

 

 

 

Thiago Benguella editadaThiago de França Benguella faz Engenharia Civil e tem 26 anos. “A expectativa que tenho em estar participando do Núcleo Jovem é de poder abrir meus horizontes para novas oportunidades dentro do ramo da engenharia, agregando ao máximo de conhecimento para engrandecimento tanto na minha vida profissional, quanto pessoal e, também, poder contribuir com meus conhecimentos para nossa área. Além disso, acredito que é muito importante para fazer o networking e ficar sempre atualizado do que vem acontecendo no mercado.”

 

 

 

Ygor Marinho editadaYgor Henriques Siqueira Marinho tem 23 anos e cursa Engenharia Civil. Para ele, a iniciativa do sindicato pode abrir muitas portas. “Vamos estar num ambiente totalmente engajado com a engenharia, a paulista e a nacional. Além disso, é muito interessante participar de uma proposta que quer criar projetos para a sociedade. A equipe que se formou nesse processo é muito forte, já pude perceber. Por isso, creio que tem tudo para dar certo na questão da valorização da profissão e do profissional.”

Lido 1951 vezes

Comentários   

# OrgulhoJoão Guedes Neto 25-04-2019 15:20
Fiquei orgulhoso em ver 05 dos meus Alunos Unisanta ser aprovado nessa seletiva

Parabéns meus caros alunos pela iniciativa e parabéns ao SEESP por mais esse programa, que acrescentará mais força jovem ao nosso Sindicato aliados a experiência de todos

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda