Logos

GRCS

30/01/2019

Nota – Pela ampla e correta apuração da tragédia em Brumadinho


A sociedade brasileira espera que a tragédia ocorrida em Brumadinho (MG) no dia 25 de janeiro, quando houve o rompimento da barragem do Feijão causando mortes e destruição, proporcione a tomada de consciência com relação à necessidade premente de se tomarem as providências cabíveis para evitar que algo do gênero volte se repetir.


Parte essencial desse processo é uma investigação ampla, correta e transparente que indique exatamente o que provocou o acidente, apurando responsabilidades e punindo exemplarmente os responsáveis civil e criminalmente.

No entanto, causa estranheza que os engenheiros André Yassuda e Makoto Manba, apontados como responsáveis por laudo fornecido pela empresa TÜV SÜD à Vale, tenham sido presos sem que haja qualquer comprovação de que tenham cometido crime ou mesmo falha técnica.


Ambos devem obviamente ser investigados e sofrer as consequências caso tenham descumprido a lei ou faltado com a ética profissional. Mas é necessário que se assegure a todos os cidadãos o direito constitucional à ampla defesa. Há inúmeras questões técnicas a serem avaliadas e é fundamental que a tarefa seja cumprida de forma competente por profissionais aptos a realizar tal averiguação. O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP) defende que se busque verdadeiramente a justiça.

São Paulo, 30 de janeiro de 2019

Lido 967 vezes

Comentários   

# Engenheiro de ManutençãoJosé 30-01-2019 21:18
A engenharia é a ciência que cuida do aperfeiçoamento das técnicas científicas da física, química, biológica, elétrica, eletrônica de todos aparelhamento a evolução de pesquisas para a evolução humana. Por isso precisa ser respeitada e seguida para ser preservada.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda