Logos

GRCS

21/03/2018

A importância da conciliação e mediação da Justiça do Trabalho

Avalie este item
(0 votos)

Comunicação SEESP*

A cidade de Sorocaba sediou no início de março a atividade inaugural do “Programa Concilia”, realização do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Nupemec-JT), do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região. O evento, que percorrerá outros municípios, tem como objetivo sensibilizar magistrados, servidores, procuradores do trabalho, advogados, empresários, sindicatos profissionais e patronais sobre a importância da conciliação e mediação como métodos eficazes de solução de conflitos trabalhistas.

O coordenador do Nupemec, desembargador José Otávio Ferreira, disse à abertura que Sorocaba foi escolhida para sediar o primeiro encontro pelos excelentes resultados alcançados em 2017, com cerca de 4 mil audiências realizadas (em processos na fase de conhecimento e de execução), mais de 1.600 acordos e por volta de R$ 66 milhões entregues aos reclamantes.

"Viemos aqui com o firme propósito de empoderar a sociedade dessa circunscrição, para uma busca consciente e responsável de soluções cuidadosamente construídas pelas partes ligitantes, com a orientação dos profissionais que as assistem e sob o olhar do Estado", afirmou Ferreira. Para ele, o movimento pela conciliação não está focado apenas em diminuir processos, mas em apaziguar, educar e conferir segurança aos que procuram a Justiça.

O desembargador lembrou ainda dos cursos preparatórios a cargo da Escola Judicial da Corte para formação de magistrados e servidores, que priorizam a negociação judicial qualificada, transparente, segura e baseada em princípios éticos. Reforçou também o importante papel do advogado para a solução negociada, "pois são eles que representam em Juízo os legítimos interesses das partes, na grande maioria dos processos". 

* Com informações do site do TRT-Campinas

 

Lido 804 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp