Logos

GRCS

09/03/2018

Diretoria do SEESP discute desenvolvimento paulista com Márcio França

Rita Casaro
Comunicação SEESP

“São Paulo é muito importante, mas depende do todo para crescer. A crise gravíssima por que passa o Brasil nos afeta.” A afirmação foi feita pelo vice-governador Márcio França, em encontro realizado nesta sexta-feira (9/3), no Palácio dos Bandeirantes, com diretores do SEESP. Assim, ponderou, entre os grandes desafios para garantir o avanço para os paulistas está a superação das dificuldades em nível nacional. Num cenário mais positivo ao País, avalia, as vantagens estratégicas do Estado, que incluem infraestrutura de qualidade, corpo técnico e produção de conhecimento e estabilidade política, devem produzir melhores resultados.

Fotos: Eliana Rodrigues/Governo do Estado de São Paulo
Vice-governador recebe diretores do SEESP, no Palácio dos Bandeirantes.

Uma segunda agenda essencial é criar oportunidades à juventude. “Caso contrário, esses jovens ficam à deriva”, destacou. Nesse campo, França aposta no acesso ao ensino superior público, contando com o incremento gerado pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), que tem previsão de oferecer 400 mil vagas até julho de 2019.

Outra proposta é implementar no Estado o “alistamento civil”, experiência, segundo o vice-governador, bem-sucedida na cidade de São Vicente à época de sua gestão como prefeito. Conforme França, a iniciativa que propicia ocupação em tempo parcial e formação técnica a jovens reduziu significativamente a violência no município, embora tenha sido questionada política e juridicamente. “A esquerda dizia que eu queria militarizar os jovens, a direita que eles ganhavam para não fazer nada”, relatou.

Contribuição da engenharia
Nesse contexto, o presidente do SEESP, Murilo Pinheiro, destacou a contribuição da entidade ao esforço de oferecer educação gratuita e de qualidade por meio do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec). “Criada e mantida integralmente pelo nosso sindicato, oferece a graduação em Engenharia de Inovação com ensino de excelência e totalmente gratuito aos estudantes”, informou.

Murilo também colocou o SEESP à disposição para colaborar com sugestões ao desenvolvimento do Estado de São Paulo, a partir dos grupos técnicos do SEESP, de suas 25 Delegacias Sindicais e das propostas do projeto "Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento".

 

 

Lido 1962 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda