Logos

GRCS

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

17/01/2018

Coletiva de imprensa sobre falhas do processo de privatização das linhas 5 e 17 do Metrô

Comunicação SEESP
 
Entrevista coletivaA privatização das linhas 5 e 17 do Metrô é tema de coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17). Na ocasião, representantes do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP), da Frente Nacional Pela Volta das Ferrovias (Ferrofrente) e do Sindicato dos Metroviários vão disponibilizar informações a respeito da inadequada forma com que o Governo do Estado de São Paulo tem conduzido a concessão das linhas. Esta semana, a juíza Carolina Martins Clemência Duprati Cardoso, da 11ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, em despacho à ação civil pública proposta pela Ferrofrente, deu 72 horas ao Governo para que preste esclarecimentos sobre a licitação em andamento.
 
O processo ajuizado pela Ferrofrente questiona o fato de que não houve estudo algum indicando ser mais vantajoso à sociedade a concessão na forma feita pelo Governo. Nos fundamentos da ação, a Frente salienta que o Estado tem uma empresa para operar o modal metroviário: a Companhia do Metropolitano de São Paulo, Metrô. Em vez de utilizar a estrutura própria, entretanto, terceiriza a operação das linhas para empresas privadas. Outro aspecto considerado danoso é que, segundo a Ferrofrente, “apesar da grande lucratividade, a licitação está sendo oferecida ao valor de uma outorga irrisória”. Isso significa que as empresas poderão vencer a licitação pagando ao Estado cerca de R$ 200 milhões, mas garantindo lucros bilionários.
 
Coletiva de Imprensa
Tema: Falhas do processo de privatização das linhas 5 e 17 do Metrô
Quando: Amanhã (17), às 14h
 
Lido 1025 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda