Home | Contribuição Sindical Urbana Online | Webmail Fale Conosco
13/11/2017

Nova negociação com Telefônica Vivo está marcada para 21 de novembro

Avalie este item
(0 votos)

Comunicação SEESP

A Telefônica/Vivo apresentou proposta aquém dos interesses dos engenheiros na quinta rodada de negociação, ocorrida na terça-feira (7/11), sobre o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017. A empresa trouxe algumas alterações em relação à proposta anterior, no entanto, não corrige perdas inflacionárias e não avança em relação ao Plano de Carreira para a categoria. A próxima rodada ocorrerá na terça (21), na sede do SEESP.

 

Rodada de negociacao Telefonica Vivo 21 11 red


A proposta da empresa prevê:

1) Manutenção do ACT sem reajuste de salários, pisos e benefícios na data-base;
2) manutenção do PPR por mais dois anos, elevando o target de 2,2 para 2,3 salários no PPR do exercício de 2019;
3) pagamento de abono indenizatório correspondente a 35% do salário junto com a folha de novembro de 2017;
4) reajuste de 1,73% nos salários, incluso o piso da categoria, em 1º de agosto de 2018;
5) reajuste de 1,73% no auxílio-alimentação em 1º de abril de 2018;
6) reajuste de 1,73% nos demais benefícios de caráter econômico em 1º de janeiro de 2018; e
7) ampliação do período de compensação do banco de horas para 180 dias.

O SEESP, por sua vez, reitera sua proposta:

a) Reajustar o piso salarial dos engenheiros em 6,48% na data-base de 1º de setembro de 2017, totalizando R$ 8.433,00;
b) aumentar o percentual do abono proposto para quem ficar acima do piso de R$ 8.433,00; e
c) incluir cláusula que preveja a criação, no prazo de 60 dias, de comissão com vistas à implantação de um Plano de Carreira do engenheiro na empresa.




Lido 98 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

grcs home
BannerAnuncio
Agenda

Receba o SEESP Notícias

E-mail:*