GRCS

07/07/2017

Proposta do Sinaenco é rejeitada à mesa de negociação pelo SEESP

Em reunião de negociação realizada no dia 3 julho último, o Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco) propôs irrisórios 2,0% de reajuste salarial. Além disso, sugeriu modificações na atual Convenção Coletiva de Trabalho que prejudicariam os engenheiros. Entre as mudanças, a entidade patronal pretende a redução do auxílio-refeição/alimentação –  cujo valor já ficou congelado no ano passado – para R$ 23,00. Para completar, quer a retirada da garantia da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), uma conquista histórica da categoria.
 
Diante de tal posição, o  SEESP rejeitou a proposta à mesa de negociação e reiterou ser inadmissível a redução de direitos dos profissionais. Os representantes do sindicato enfatizaram ainda ser necessária a recomposição do poder de compra dos engenheiros, o que implica reajuste mínimo de 3,99%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).
 
O SEESP considera lamentável a postura do Sinaenco, que não aponta para a necessária valorização profissional dos engenheiros, e segue pleiteando o devido reconhecimento à importância da categoria.
 
 
Comunicação SEESP
 
 
 
 
 
 
Lido 5262 vezes

Comentários   

# DissidioPRISCILA 26-09-2017 09:37
O Sinaenco, entre outros itens, propõe reajuste salarial de 2,0% retroativo a 1º de maio último, mais um acréscimo de 0,5% em janeiro próximo; o piso salarial dos engenheiros teria uma majoração de 6,47%; os demais itens econômicos da convenção não teriam qualquer aumento; e ainda exclusão das cláusulas da PLR (Participação nos Lucros e Resultados); da estabilidade pré-aposentador ia; da alta médica programada; da contribuição assistencial e do banco de horas.

O SEESP considera tal proposta um retrocesso, por isso, encaminhou uma contraproposta prevendo reajuste salarial de 3,99% em 1º de maio, o mesmo índice valendo para as demais cláusulas econômicas; e manutenção dos demais itens sociais da convenção. O sindicato indicou o prazo até o dia 20 de setembro último para uma resposta do Sinaenco. Como esse retorno não aconteceu, o sindicato dos engenheiros instaurou o processo junto ao TRT-SP
# PROPOSTA SINAENCOVinicius 12-09-2017 15:56
Se realmente ocorreu uma reunião na data de 28/08 como afirmou o Jorge, porque a SEESP não divulga o resultado desta. É lamentável ver um acordo coletivo demorar tanto assim. E depois vão fazer reajustes por período e não integral. Estou propicio a não contribuir mais com o SINAENCO, e parei de destinar a ART ao SEESP.
# IndignaçãoThaiane 06-09-2017 08:58
Tem alguma previsão para fecharmos um acordo, quando acontecerá a próxima reunião? A data base está sendo em dezembro?
# PROPOSTAS SINAENCOJorge 30-08-2017 13:14
Dia 28/08 teve outra reunião, porque o SEESP não divulga a proposta e a pauta de reivindicações?
# SesspGeorge 29-08-2017 10:48
Sessp - E essa demora nas negociações, quando será a próxima reunião com o Sinaenco? Quero saber a data agendada da próxima reunião!!!!
# IndignaçãoCarlos 15-08-2017 16:12
Com uma data base que não é cumprida e com VR que não aumenta há 3 anos... Lamentável... Reunião há mais de 1 mês e nada... tudo encaminhando para o fiasco do ano passado.
# NEGOCIAÇÃO LENTAIsrael Fernando 14-08-2017 16:09
Impressionante a morosidade nas negociações.
Ainda temos de ouvir que os sindicatos lutam pelos direitos dos trabalhadores.
Porquê não se mobilizam contra o sindicado patronal ???
Porquê não pressionar logo o sindicato patronal por melhor proposta e maior agilidade no acordo.
Todos ganham nestas negociações, menos os trabalhadores.
# ReajusteVinicius 14-08-2017 10:57
O SINAENCO, faz este tipo de proposta para ganhar tempo e prejudicar os engenheiros. A contribuição sindical não atrasa, mas a convenção coletiva sim. Lamentável ver este tipo de atitude que vem sendo comum nos últimos anos.
# SESSPGabriela 27-07-2017 10:28
Aposto que vão fechar em 3,99% e o auxilio refeição vai ficar na mesma. Se o próprio SESSP já falou que o minimo é 3,99% certeza que eles nao vao oferecer mais que isso, visto que com isso o SESSP já irá aceitar. Ainda será parcelado em 2 vezes como está ocorrendo nos últimos anos. Lamentável o sindicado deixar isso acontecer. Uma palhaçada com classe.
# SesspJoao 10-07-2017 13:52
Aposto que vao fechar em 3,99% e o auxilio refeição vai ficar na mesma. Se o proprio seesp ja falou que o minimo é 3,99% certeza que eles nao vao oferecer mais que isso, visto que com isso o sessp ja irá aceitar. Ainda será parcelado em 2 vezes como está ocorrendo nos ultimos anos. Lamentável o sindicado deixar isso acontecer.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda