Logos

GRCS

19/05/2017

Sindicatos rejeitam proposta da Cesp à mesa de negociação

Avalie este item
(0 votos)
 
Na segunda rodada de negociação, na quarta-feira (17/5), a Companhia Energética de São Paulo (Cesp) apresentou sua proposta para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho de 2017, oferecendo, entre outros itens, vigência 1º/6/2017 a 31/5/2018; com relação ao PRR, manutenção da cláusula atual, com o cumprimento do Decreto 59.598/2013. Sobre o reajuste dos salários e dos benefícios econômicos, a empresa não apresentou qualquer índice, alegando que aguarda a autorização dos órgãos competentes para isso.
Diante da falta de proposta econômica e em desacordo ao tempo de vigência pretendida (a reivindicação dos sindicatos é dois anos), a proposta foi rejeitada à mesa pelo SEESP e pelos demais sindicatos representativos dos trabalhadores da Cesp. A companhia ficou de marcar nova reunião de negociação ainda neste mês de maio. 
 
Rosângela Ribeiro Gil
Comunicação SEESP
 
 
 
 
 
 
 
Lido 394 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda

art creasp