Logos

GRCS

08/02/2017

Barretos quer discutir energia solar na região

Avalie este item
(3 votos)

Em mais uma reunião realizada no interior paulista, desta vez da Delegacia Sindical de Barretos, em 7 de fevereiro último, foi apresentada à diretoria executiva do SEESP um relato sobre as atividades da regional. O presidente da delegacia e secretário municipal de turismo e desenvolvimento econômico de Olímpia, o vereador Luiz Antônio Moreira Salata, observou que a engenharia é um agente de mudanças e que a cidade não seria a mesma sem a aplicação desse saber. Salata destacou a liderança de Murilo Pinheiro, presidente do sindicato e da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), no estado de São Paulo e no País. E informou que a delegacia está envolvida no debate sobre energias renováveis e que pretende realizar um evento sobre o tema, especificamente sobre a solar, em março próximo. 

Os profissionais da região, que prestigiaram o encontro em grande número, falaram sobre a importância dos técnicos ocuparem os espaços devidos nas prefeituras e em demais órgãos de governo, solicitando que o sindicato atue ainda mais nesse sentido. 

Foto: Paula Bortolini

Profissionais comparecem em peso à reunião da Delegacia Sindical de Barretos.


Murilo agradeceu a oportunidade de poder conversar diretamente com os profissionais, realçando a importância da atuação de Salata como representante dos engenheiros na Câmara Municipal e à frente da secretaria. Em sua exposição, o presidente do SEESP abordou a conjuntura nacional, a crise econômica, o desemprego crescente, as reformas previstas (trabalhista, previdenciária e sindical), a abertura do País ao capital estrangeiro, as privatizações. Para ele, a posição do sindicato apartidária permite discutir de forma tranquila todas as questões de maneira muito forte. “Precisamos discutir empregabilidade, e não desemprego. Reindustrialização e crescimento, e não recessão.” 

Nesse caminho está o movimento Engenharia Unida, destacou Murilo, que tem uma agenda positiva e baseada em discussões técnicas voltadas ao desenvolvimento do País com sustentabilidade e justiça e à valorização dos engenheiros, com geração de emprego e respeito aos direitos da categoria, como o piso salarial (Lei 4.950-A/66). Entre outras ações positivas, a liderança relacionou o Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) que, neste ano, está na sua quarta turma do curso de graduação Engenharia de Inovação; a edição atual do projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento” que aborda as cidades brasileiras; e a atuação da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) que reúne, além da categoria, os odontologistas, economistas, farmacêuticos e nutricionistas. 

A necessidade de trazer os jovens à vida sindical também foi ressaltada pelo presidente do sindicato. “Que eles participem da política da engenharia, que eles entrem nas questões nacionais. Somente no conjunto é possível resolvermos os problemas”, observou. Nesse sentido, a coordenadora do Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP, Marcellie Dessimoni, falou sobre o trabalho do setor e convidou todos os presentes a participarem dos projetos e ações, também com olhar social da engenharia. 

A delegacia de Barretos abrange as cidades de Altair, Bebedouros, Cajobi, Colombia, Embaúba, Guaira, Guaraci, Jaborandi, Monte Azul Paulista, Olímpia, Pirangi, Severina, Taiaçu, Taiuva, Terra Roxa, Viradouro, Vista Alegre do Alto. Participaram também da reunião do dia 7 de fevereiro os diretores da regional Marcos Costa, Maria Aparecida Moreira Kamla, Jodemir Batista Garcia, Hassem Mustafe Haj Hammoud e Ricardo Moraes Soares. O vice-presidente do SEESP, João Carlos Gonçalves Bibbo, também esteve presente.

 

Rosângela Ribeiro Gil
Comunicação SEESP
Com informações da assessora da Presidência - Paula Bortolini

 

 

 

 

Lido 1101 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp