Logos

GRCS

06/07/2015

Proposta não repõe as perdas salariais na AES Tietê

Avalie este item
(0 votos)

Os representantes da AES Tietê e dos sindicatos dos trabalhadores, entre eles o SEESP, se reuniram no dia 2 de julho para dar continuidade às negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2015. A empresa apresentou à mesa uma proposta inicial semelhante à que foi colocada no dia 26 de junho último pela Eletropaulo. O sindicato deixou claro que é difícil discutir qualquer índice que não reponha o poder aquisitivo dos salários dos engenheiros. Ou seja, a correção pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IPCA do IBGE) do período, que foi de 8,47%.

A companhia propôs um reajuste em junho de 2015 de 5,3% para salários e benefícios e um reajuste complementar de 0,9% em janeiro, somente para os salários, complementando 6,26%.

Novas reuniões de negociação foram agendadas para os dias 16 e 21 de julho, na sede da empresa, em Barueri (SP).



Imprensa SEESP









Lido 1269 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp