Logos

GRCS

01/02/2016

Conselheiro da CNTU fala sobre ciência e tecnologia no Roda Viva

Avalie este item
(1 Votar)

O conselheiro da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) e professor do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), Marcelo Zuffo, foi o entrevistado do programa “Roda Viva”, da TV Cultura de São Paulo, exibido em 25 de janeiro último.

Na oportunidade, ele disse acreditar que o avanço da tecnologia sobre todos os setores da sociedade trará profundas mudanças na educação, saúde, trabalho, arte e cultura. E isso vai acontecer, entre outros fatores, pela combinação dos recursos da televisão digital com a internet e a computação.

Apesar do potencial e de ser um país rico, observa o professor, o Brasil ainda está muito defasado na área de ciência e tecnologia em comparação a outros países, principalmente os de economia emergente. “O brasileiro é muito “tecnofóbico”, ou seja, somos excelentes consumidores de tecnologia. Mas o cidadão comum ainda não tem clareza exata do papel do desenvolvimento no contexto da sociedade da informação, diferentemente dos norte-americanos e coreanos, por exemplo.” Para reforçar sua posição, Zuffo disse que os Estados Unidos têm 1.600 escolas de engenharia e a China, 900.

Outra área que será beneficiada com o avanço da ciência e tecnologia, segundo ele, é a medicina, com a utilização de recursos eletrônicos para substituir procedimentos invasivos na luta contra o câncer.

Confira toda a entrevista do conselheiro da CNTU ao Roda Viva, no vídeo abaixo:


{youtube} km7xL4IgR7k{/youtube}


 

Rosângela Ribeiro Gil
Imprensa SEESP








Lido 1402 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp